Compliance e seus benefícios em toda a cadeia moveleira

Compliance e seus benefícios em toda a cadeia moveleira

21 de janeiro de 2021Categories: IndústriaTags: ,

Compartilhe nas redes!

Compartilhe nas redes!

Compliance mercado moveleiro

Se você é empresário ou atua no mundo corporativo, provavelmente já está familiarizado com o conceito de “Compliance”. Por isso não nos estenderemos muito em sua definição. O X da questão aqui, porém, é: você conta com um programa de Compliance na sua empresa? Conjunto de ferramentas e disciplinas organizacionais, o Compliance tem a função de monitorar e assegurar que todos os envolvidos no ambiente corporativo – do chão de fábrica à direção da empresa – estejam de acordo com as práticas de conduta do negócio.

Apesar de estar ganhando cada vez mais força no meio empresarial brasileiro, os investimentos na área ainda são considerados pouco importantes por parte dos gestores. Esses, geralmente, dizem não ver retorno financeiro direto ou não enxergam de que maneira tal prática agregaria valor à marca ou traria benefícios à gestão. O que, garantimos, é um grande engano.

Isso porque, além de proporcionar um ambiente de trabalho mais justo, confiável e em conformidade, o Compliance também garante bons hábitos administrativos na luta contra fraudes e corrupção. Além de atuar como um braço essencial na gestão de riscos – desde a manutenção de equipamentos até a proteção de documentações essenciais, por exemplo. Bem como sendo bastante eficiente no gerenciamento de processos, entregando valor ao cliente por meio da otimização do atendimento; cumprimento de prazos; eficiência em entregas; identificação e solução de gargalos; atrasos e desperdícios etc.

Tudo isso, trabalhando, ainda, como uma importante ferramenta estratégica. Agora que, cada dia mais, os consumidores estão de olho na postura das marcas, tanto no ambiente interno (envolvendo as relações trabalhistas e responsabilidades fiscais) quanto seus impactos sociais e ambientais.

Compliance na indústria

Se você nunca ouviu falar sobre o assunto ou ainda não implantou essas ferramentas no seu negócio, porém, ainda há tempo de se atualizar. O termo “compliance” tem origem na expressão inglesa “to comply”. Ou seja, agir de acordo com uma regra, uma instrução interna, um comando ou um pedido. Esse conjunto de ferramentas multissetoriais e interdisciplinares podem ser aplicadas em todos os tipos e níveis de negócios. Garantindo, assim, um funcionamento saudável e ético de toda a cadeia produtiva.

Entre os fornecedores de suprimentos para a indústria moveleira, a Impress Decor Brasil é uma das empresas que adotou essas disciplinas e ferramentas em sua cultura. Para tal, hoje contam com um comitê exclusivo (composto por diferentes gestores) para o monitoramento das práticas de conduta, tal qual dos relacionamentos éticos entre colaboradores, clientes, fornecedores e outros parceiros, disponibilizando um canal ético gerido por uma empresa terceirizada, bem como atuando de forma aberta e conjunta na atualização de seu Código de Conduta sempre que necessário.

“Entendemos que o investimento em Compliance fortalece nosso compromisso em toda a cadeia de negócios onde operamos. Para nós, é muito importante que sejamos reconhecidos como um parceiro confiável e com um impacto positivo para a sociedade, em qualquer parte do mundo”, ressalta Silvia Andrade, gerente administrativa da Impress Decor Brasil.

Nossacasa Mobília é uma empresa fabricante de móveis, que trabalha no conceito multimodal e adequada às Normas Internacionais de Compliance. Objetivando, assim, valores como o respeito, a ética, transparência e honestidade com os clientes, fornecedores e com o seu capital humano. Já com o propósito de identificar e responder a possíveis violações éticas, ambientais ou de qualquer outra natureza cometidas por seus representantes, a Fenix Móveis Especiais conta com um programa de Compliance que, a exemplo da Impress, oferece um canal de ética para denúncias 100% anônimas.

Compliance no varejo

E, claro, tudo isso se aplica também ao segmento varejista, com exemplos como a da gigante Via Varejo. “Todos nós acreditamos que, ao fazer certo do jeito certo, contribuímos para o desenvolvimento de um ambiente de negócio sustentável e uma sociedade mais justa e solidária. Entendemos que o nosso sucesso depende da nossa reputação e da relação de confiança existente entre nós, nossos clientes e parceiros de negócios”, divulgou o grupo por meio de comunicado. “Para garantirmos uma cultura de alto nível de integridade e ética em nossas atividades, criamos nosso Programa de Compliance.”

O programa é supervisionado pela alta administração da Via Varejo. Baseando-se em diversos elementos relacionados à prevenção de problemas de ordem ética e de conduta; à detecção dos casos e dos envolvidos; bem como à investigação, resposta e aplicação das medidas cabíveis.

Compliance como ferramenta para enfrentamento da Covid-19

E como essa prática poderia se aplicar e, melhor, auxiliar aos gestores no gerenciamento da crise gerada pela pandemia do novo Coronavírus? Bem, na opinião da Be Compliance, empresa especializada no assunto, esta pode ser uma ferramenta muito eficiente e de baixo custo na readequação das atividades, do ambiente e do modelo de trabalho frente às novas demandas de segurança.

Afinal, por meio da ativa atuação dos instrumentos de Compliance será possívelgarantir a adesão e o cumprimento de leis e de novos regramentos que surgem diariamente por conta do vírus; desenvolver e fomentar princípios éticos e normas de conduta para diminuir a transmissão; criar sistemas de informação, evitando-se boatos e fake news que atravancam o progresso; desenvolver planos de contingência e um articulado gerenciamento de crise; monitorar e eliminar conflitos de interesses; realizar avaliações de risco contínuas, periódicas e sistêmicas; desenvolver treinamentos; estabelecer relacionamento com os órgãos fiscalizadores e auditores, assim como associações relacionadas aos mais diversos setores da sociedade; entre muitos outros pontos.

E aí, que tal garantir uma governança mais segura e articulada, agregando valor à sua marca? Para isso, o primeiro  passo é adotar práticas éticas e condutas adequadas ao dia a dia corporativo. O Compliance pode ser a resposta!

Deixe Um Comentário

  • Categories: Feiras

    Com organização do Sindicato da Indústria do Mobiliário de Mirassol, o SIMM, a edição 2022 da Movinter começa amanhã, 28 […]

  • Categories: Marketing

    Colchões Castor – Chegar aos 60 anos em boa forma não é uma missão simples. Exige jogo de cintura, muita […]

  • Categories: Feiras
  • Categories: Indústria

    Indústria moveleira – Acompanhando as oscilações no mercado moveleiro nacional, impactado, entre outros motivos, pela instabilidade econômica e a retomada […]

Notícias em Destaque

  • Categories: Indústria, Notícias

    Abaixo do desejado desde dezembro de 2019, o nível dos estoques de produtos finais, que atingiu nível crítico no segundo […]

  • Categories: Indústria

    Na semana passada, nós falamos sobre as oportunidades para os móveis brasileiros nos Estados Unidos – clique para ler. Enquanto […]

  • Categories: Indústria

    A produção industrial no Brasil caiu 0,4% na passagem de agosto para setembro deste ano. Esta é a quarta queda […]

Assine
a nossa
Newsletter

    Opinião