Preloader

Nesta sexta-feira, Conemov discute união e desenvolvimento do setor moveleiro

Conemov discute união e desenvolvimento do setor moveleiro

[fusion_builder_container type=”flex” hundred_percent=”no” equal_height_columns=”no” menu_anchor=”” hide_on_mobile=”small-visibility,medium-visibility,large-visibility” class=”” id=”” background_color=”” background_image=”” background_position=”center center” background_repeat=”no-repeat” fade=”no” background_parallax=”none” parallax_speed=”0.3″ video_mp4=”” video_webm=”” video_ogv=”” video_url=”” video_aspect_ratio=”16:9″ video_loop=”yes” video_mute=”yes” overlay_color=”” video_preview_image=”” border_color=”” border_style=”solid” padding_top=”” padding_bottom=”” padding_left=”” padding_right=””][fusion_builder_row][fusion_builder_column type=”1_1″ layout=”1_1″ background_position=”left top” background_color=”” border_color=”” border_style=”solid” border_position=”all” spacing=”yes” background_image=”” background_repeat=”no-repeat” padding_top=”” padding_right=”” padding_bottom=”” padding_left=”” margin_top=”0px” margin_bottom=”0px” class=”” id=”” animation_type=”” animation_speed=”0.3″ animation_direction=”left” hide_on_mobile=”small-visibility,medium-visibility,large-visibility” center_content=”no” last=”true” min_height=”” hover_type=”none” link=”” border_sizes_top=”” border_sizes_bottom=”” border_sizes_left=”” border_sizes_right=”” first=”true”][fusion_text]

Na próxima sexta-feira (18/8), o setor moveleiro estará em discussão na quinta edição do Congresso Moveleiro do Nordeste (Conemov). A programação vai das 9h às 21h no Shopping Sebrae, em João Pessoa, na Paraíba. O principal evento do segmento na região tem como tema Conexão e vai contar, principalmente, com debates e palestras sobre o mercado nacional e internacional, pequenas e médias empresas, liderança e gestão, além de varejo e design.

De acordo com a organização, o Conemov é uma oportunidade para toda a cadeia moveleira. Além de trazer mais visibilidade à região e sua produção, reforça a importância do mercado consumidor local, que segue em crescimento. O tema varejo será tratado durante a palestra do fundador e CEO da Plataforma Setor Moveleiro, Carlos Bessa (leia mais abaixo).   

Organização do Conemov 2023
Organização do Conemov 2023. Foto: Divulgação

União e informação para o crescimento do setor moveleiro

Adeilton Pereira
O vice-presidente da Abimóvel, Adeilton Pereira. Foto: Divulgação

Parao vice-presidente da Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário (Abimóvel), Adeilton Pereira, qualquer iniciativa para a evolução do setor é importante. E o Conemov busca, mais do que nunca, a união entre os empresários. “Temos muito mais motivos para cooperar uns com os outros do que para competir”, avalia. “Só assim teremos um setor mais robusto para atrair a atenção do consumidor”, completa.

A união é essencial, sobretudo, no momento desafiador que vive o país, segundo o assessor de assuntos estratégicos e relações institucionais da Associação dos Fabricantes de Móveis de Artefatos de Madeira da Paraíba (Amap), Jamaci Messias Damasceno. A quinta edição do congresso acontece em meio à discussão sobre a reforma tributária e sobre a renovação da indústria do país, destaca. 

Jamaci Damasceno, assessor de Relações Institucionais da Amap
Jamaci Damasceno, assessor de Relações Institucionais da Amap. Foto: Divulgação

“A preocupação, portanto, era de trazer ao público um conteúdo de importante provocação, muita informação, e fazer dessa edição a mais diversificada de todas”, avisa.

Conemov tem programação completa

Também parte da diretoria da Amap, João Paulo Ferreira, lembra que o Nordeste vem se consolidando como o segundo maior mercado consumidor do Brasil. Por isso, reforça, há a necessidade de provocar cada vez mais a inovação e o desenvolvimento dentro do setor moveleiro. 

“Não é à toa que o Conemov cresce a cada ano, ajudando a ampliar o olhar para além da fronteira dos nossos estados”, diz. “Por isso a necessidade de trazer provocações que estimulem o desenvolvimento e crescimento contínuo do segmento moveleiro”, adianta. 

João Paulo Ferreira, da diretoria da Amap
João Paulo Ferreira, da diretoria da Amap. Foto: Divulgação

Para trazer informações mais estratégicas possíveis aos participantes, a organização procurou um time diverso de palestrantes, conta Adeilton, que também faz parte da diretoria da Amap. “Por isso, as expectativas são as melhores. Temos um casting de palestrantes com experiência, temas variados, que vão desde os pequenos negócios até comunicação e varejo”, enumera.

Há ainda, lembra ele, que é parte da organização, eventos paralelos importantes. Em destaque, cita, estão a presença do Banco do Nordeste com uma série de oportunidades de investimento; rodadas de negócio da Apex-Brasil; o I Encontro Sebrae da indústria Moveleira, que reúne os gestores envolvidos na cadeia madeira e móveis em todo Brasil; e a reunião da diretoria da Abimóvel. 

“O setor moveleiro do Brasil estará reunido aqui refletindo sobre o passado e pensando no futuro. Trata-se de uma excelente oportunidade para enriquecer o debate, trocar conhecimento e fortalecer conexões e relacionamentos”, conclui. 

Da gestão à venda

O fundador e CEO da Plataforma Setor Moveleiro, Carlos Bessa, é um dos painelistas da 5a edição do Conemov. Na palestra “Tendências do varejo: A tecnologia como ferramenta indispensável”, ele fala sobre a evolução do processo de vendas na história da humanidade. “Vamos trazer oportunidades que a tecnologia oferece para que as ações e resultados sejam compatíveis com os tempos que vivemos e possamos nos preparar para o que vem por aí”, adianta.

Carlos Bessa, fundador da Plataforma Setor Moveleiro e palestrante do Conemov
Carlos Bessa, fundador da Plataforma Setor Moveleiro e palestrante do Conemov. Foto: Divulgação

Para ele, que já participou de um painel on-line na edição de 2021, o congresso é uma oportunidade incrível para o setor moveleiro. “Nós, da Plataforma Setor Moveleiro, que temos insistido na união do setor, identificamos no Conemov um espaço de importante para a ampliação deste debate. Quero aproveitar para cumprimentar a Amap, na pessoa de seu presidente Reginaldo Galvão, pela iniciativa, e aos demais participantes e apoiadores”, declara.

Capacitação de mão de obra em destaque no Conemov

O consultor Marcos Boch, também entre os palestrantes da edição, faz questão de destacar a importância do congresso no sentido de trazer informações relevantes para todas as áreas da indústria. Sua atuação para levar tecnologia à produção moveleira deve enriquecer o debate sobre a capacitação de colaboradores. 

O consultor e palestrante Marcos Boch
O consultor e palestrante Marcos Boch. Foto: Divulgação

Na palestra “Capacitação como ferramenta para a produtividade”, ele promete mostrar um case de uma capacitação realizada a distância e ao vivo em conjunto com a Amap, que foi responsável pela melhoria da qualidade de montagem e instalação de móveis. “Vou passar também alguns números que mostram como a pandemia tem acelerado o índice de falta de mão de obra qualificada”, alerta.

De acordo com Boch, enquanto a média mundial de falta de mão de obra é de 75%, no Brasil, a defasagem chega a 81%. “A capacitação é a saída para esse problema e vamos levar essa informação e as soluções ao Conemov”, adianta. 

Design estratégico faz parte da programação

Designer e palestrante Dimitri Lociks
Designer e palestrante Dimitri Lociks. Foto: Divulgação

Na programação, ainda tem espaço – e a devida importância – para o design. Quem vai falar mais sobre o tema é o  designer Dimitri Lociks, coordenador de design do PDCIMob – Projeto de Desenvolvimento, Competitividade e Integração da Indústria do Mobiliário (Abimóvel e Sebrae).

“Daremos um foco especial para o design, na perspectiva de estimular as empresas locais a investirem em ações que visem o aumento da percepção de valor das suas marcas e produtos”, conta. “Não apenas no desenvolvimento de produtos, como na comunicação da empresa, na experiência do cliente e planejamento estratégico de negócios”, completa. 

A intenção é que os empresários que assistirem a palestra passem a ter uma visão mais prática, acessível e estratégica do design. “Especialmente agora, quando as empresas moveleiras terão o desafio de lidar com um mercado que já não demanda tantos produtos como no período de pandemia/pós-pandemia e está cada vez mais exigente”, justifica

[/fusion_text][/fusion_builder_column][/fusion_builder_row][/fusion_builder_container]

Veja também