Preloader

Design sustentável: saiba como essa tendência pode influenciar os negócios de empresas que atuam no setor moveleiro

Design sustentável: saiba como essa tendência pode influenciar os negócios de empresas que atuam no setor moveleiro

No cenário econômico contemporâneo, a sustentabilidade não é apenas uma palavra da moda, mas sim um imperativo que ecoa por todos os setores da indústria. No universo do mobiliário, onde a estética e a funcionalidade coexistem, surge uma tendência transformadora: o design sustentável. Na matéria abaixo, você vai saber mais sobre esse conceito, bem como sobre como investir nessa tendência pode ser benéfico para sua empresa. Boa leitura!

O setor moveleiro, tradicionalmente associado à elegância e inovação, encontra-se em um ponto de virada significativo, onde a estética não é mais o único critério dominante. 

À medida que o mundo volta sua atenção para a crise climática e a responsabilidade ambiental torna-se uma pauta inadiável, surge no horizonte a revolução ética do design sustentável. 

No epicentro dessa transformação, empresas do setor moveleiro estão redefinindo seus processos, repensando materiais e reconstruindo paradigmas para se alinhar a uma demanda crescente por práticas mais ecológicas. Nesse sentido, é importante que as marcas conheçam uma nova tendência: o design sustentável.

Ao investir no conceito, as empresas moveleiras não apenas adotam uma postura ética, mas também desbloqueiam oportunidades inexploradas

A busca por materiais ecologicamente corretos e métodos de produção eficientes não apenas atende às expectativas do consumidor moderno, cada vez mais consciente, mas também oferece uma resposta inovadora aos desafios enfrentados pela indústria. 

Em um mundo onde a sustentabilidade é um mantra, os gestores do setor moveleiro estão descobrindo que a adoção proativa dessas práticas não é apenas uma necessidade moral, mas também uma vantagem estratégica. 

Desde a criação de peças atemporais até a redução do impacto ambiental da produção em larga escala, o design sustentável emerge como uma força motriz de inovação e prosperidade.

Design sustentável: saiba como essa tendência pode influenciar os negócios de empresas que atuam no setor moveleiro
Ao investir no design sustentável, as empresas moveleiras não apenas adotam uma postura ética, mas também desbloqueiam oportunidades inexploradas

Nesta matéria, que aborda a tendência do design sustentável, bem como os desafios e a importância da transição para um novo conceito, você vai conferir:

  • O que é design sustentável?
  • Quais são os desafios enfrentados pelas empresas ao investir no design sustentável?
  • Quais são as principais tendências do design sustentável?
  • Quais são as vantagens vivenciadas por empresas que investem em design sustentável?

O que é design sustentável?

Em sua essência, o design sustentável transcende a mera estética, uma vez que engloba uma abordagem que considera cuidadosamente todo o ciclo de vida de um produto, desde a seleção de matérias-primas até sua disposição final. 

Ao se comprometer com práticas ecologicamente responsáveis, o design sustentável busca minimizar o impacto ambiental, já que promove a eficiência na produção e a longevidade dos móveis. 

Isso implica não apenas à escolha criteriosa de materiais renováveis, reciclados ou de baixo impacto, mas também à redefinição de processos para otimizar o uso de recursos e reduzir desperdícios.

Além disso, o design sustentável transcende a esfera ambiental, pois abrange aspectos sociais e econômicos. 

Uma abordagem verdadeiramente sustentável não apenas protege os ecossistemas, mas também considera o bem-estar das comunidades envolvidas na produção. Isso se traduz em práticas éticas, como a valorização da mão de obra local e o fomento de condições de trabalho justas.

Saiba como a estética e a responsabilidade ambiental podem influenciar os negócios de empresas que atuam no setor moveleiro
O design sustentável transcende a esfera ambiental, pois abrange aspectos sociais e econômicos

Quais são os desafios enfrentados pelas empresas ao investir no design sustentável?

Apesar de importante, a transição para o design sustentável não se dá sem seus desafios. As empresas moveleiras, ao abraçarem essa jornada ética, deparam-se com uma série de obstáculos considerados complexos. 

Um dos desafios prementes é a reestruturação da cadeia de suprimentos. A busca por materiais sustentáveis muitas vezes implica na necessidade de encontrar novos fornecedores alinhados com os princípios da sustentabilidade, o que demanda tempo e esforço para estabelecer relações sólidas. 

Logística reversa

Outro ponto de destaque, conforme menciona Ana Paula Patussi, arquiteta formada pela UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) e especialista em ergonomia pela mesma instituição, consiste na logística reversa.

“O que fazer com os produtos que serão descartados pelos usuários ao consumirem um novo produto, mesmo que desenhado sob os preceitos da sustentabilidade?”, questiona.

Além disso, a garantia da qualidade desses materiais é fundamental, pois a confiabilidade está diretamente relacionada à credibilidade em um mercado cada vez mais atento às práticas sustentáveis.

Design sustentável: saiba como essa tendência pode influenciar os negócios de empresas que atuam no setor moveleiro
Ana Paula Patussi, arquiteta formada pela UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) e especialista em ergonomia pela mesma instituição, acredita que a logística reversa é um desafio para as empresas

Comunicação efetiva

Outro desafio crítico reside na comunicação efetiva das iniciativas sustentáveis. Os consumidores contemporâneos estão mais informados e exigentes do que nunca, buscando transparência e autenticidade nas ações das empresas. 

Portanto, a narrativa em torno do compromisso com o design sustentável deve ser cuidadosamente elaborada. 

A falha em comunicar de forma clara e impactante as práticas sustentáveis pode resultar em um descompasso entre as intenções da empresa e a percepção do consumidor, prejudicando não apenas a imagem, mas também o potencial de mercado para os móveis sustentáveis. 

Dessa forma, gestores do setor moveleiro enfrentam o desafio de transformar suas ações sustentáveis em histórias envolventes, por meio da construção de uma narrativa que ressoe não apenas com a ética, mas também com as aspirações dos consumidores conscientes.

Alto custo do design sustentável

Apesar de ser um conceito benéfico tanto para as empresas quanto para os consumidores, o design sustentável traz custos altos, o que torna os móveis produzidos de acordo com o conceito caros e restritos a apenas uma parte da população.

A constatação é endossada por Rodrigo Bechara, CEO da Móveis JB, que aponta que “o grande desafio hoje é produzirmos móveis sustentáveis com o mesmo preço dos móveis convencionais, porque a demanda do mercado ainda é por preço e muito pouco por conceito. O conceito pega apenas uma classe muito alta da sociedade que não representa o grande volume que é o que as fábricas precisam”.

Saiba como a estética e a responsabilidade ambiental podem influenciar os negócios de empresas que atuam no setor moveleiro
Rodrigo Bechara, CEO da Móveis JB, ressalta que os custos de produção de móveis com design sustentável ainda é alto quando comparado aos móveis tradicionais

Quais são as principais tendências do design sustentável?

Diante dos desafios, as empresas do setor moveleiro precisam estar atentas às principais tendências emergentes no design sustentável. 

“As regras do bom design sustentável são ligadas a três tópicos: ambiental, econômico e social, ou seja, a forma como o produto é criado vai desde a sua embalagem, como é feito o seu transporte, a sua venda, como o consumidor o recebe, como ele será utilizado até o descarte/reutilização/reciclagem e como poderemos reutilizá-lo gerando a menor quantidade de resíduos possível”, aponta a arquiteta Ana Paula Patussi.

Economia circular

Uma delas consiste na ascensão do conceito de economia circular. Essa abordagem inovadora preconiza a criação de produtos com ciclos de vida extensos, promovendo a reutilização, recuperação e reciclagem. 

Móveis projetados com a economia circular em mente não apenas minimizam o desperdício, mas também estimulam a criação de novas oportunidades de negócios, como serviços de reparo e renovação.

Design sustentável: saiba como essa tendência pode influenciar os negócios de empresas que atuam no setor moveleiro
Móveis inteligentes, projetados para otimizar o uso de energia e recursos, estão ganhando espaço, oferecendo não apenas eficiência, mas também um apelo estético moderno

Integração de tecnologias

Outra tendência significativa é a integração de tecnologias sustentáveis. Desde a implementação de processos de fabricação de baixo impacto até a incorporação de materiais inovadores, como a madeira certificada e plásticos reciclados de alta qualidade, a tecnologia está se tornando uma aliada crucial na jornada sustentável. 

Móveis inteligentes, projetados para otimizar o uso de energia e recursos, estão ganhando espaço, oferecendo não apenas eficiência, mas também um apelo estético moderno. Essa ideia é reforçada por Renato Bernardi, sócio-consultor da Bernardi Consulting.

“Penso que as principais tendências e inovações em design sustentável na indústria moveleira B2B atualmente, estão relacionadas a satisfação das necessidades atuais dos usuários”, ressalta. 

Desse modo, é importante que as empresas do setor moveleiro estejam sintonizadas com essas tendências, reconhecendo que a inovação e a sustentabilidade são aliadas inseparáveis na busca por um futuro mais equilibrado.

Saiba como a estética e a responsabilidade ambiental podem influenciar os negócios de empresas que atuam no setor moveleiro
Renato Bernardi, sócio-consultor da Bernardi Consulting, aponta que o design sustentável deve atender às demandas dos consumidores

Quais são as vantagens vivenciadas por empresas que investem em design sustentável?

As empresas do setor moveleiro que investem no design sustentável não apenas respondem a uma demanda ética, mas também desfrutam de vantagens estratégicas significativas.

Diferenciação de mercado 

Uma das principais é a diferenciação no mercado. Em um cenário onde a conscientização ambiental se torna uma pauta central, os consumidores estão mais propensos a escolher produtos que reflitam seus valores éticos e morais. 

Assim, ao investir no design sustentável, as empresas se destacam, atraindo um segmento crescente de consumidores que valorizam não apenas a estética, mas também o compromisso ambiental e social da marca.

“As empresas que não estão dispostas a discutir ou implementar aspectos sustentáveis em seus processos de produção correm o risco de perder espaço no mercado. A sociedade está cada vez mais consciente da importância de iniciativas que não agridam  meio ambiente, refletindo diretamente nas escolhas dos consumidores”, ressalta Patussi.

Design sustentável: saiba como essa tendência pode influenciar os negócios de empresas que atuam no setor moveleiro
A sustentabilidade não é apenas uma tendência passageira, mas uma estratégia de longo prazo para garantir a viabilidade e a competitividade no mercado moveleiro global

Resiliência operacional

Além disso, a adoção do design sustentável fortalece a resiliência operacional das empresas moveleiras. 

Ao otimizar processos para reduzir desperdícios e aumentar a eficiência, essas organizações estão se preparando para um futuro onde a escassez de recursos e as regulamentações ambientais podem impactar significativamente as operações. 

“Vejo que os benefícios de investir no design sustentável são incalculáveis, pois as empresas conseguem atender mercados mais exigentes e com valor agregado maior. O design não basta ser sustentável, necessita ter forma e função”, aponta Bernardi.

A sustentabilidade, portanto, não é apenas uma tendência passageira, mas uma estratégia de longo prazo para garantir a viabilidade e a competitividade no mercado moveleiro global.

Saiba como design e sustentabilidade podem influenciar os negócios de empresas que atuam no setor moveleiro
A Móveis JB lançou a primeira linha de móveis sustentáveis de ponta a ponta da América Latina

Case de sucesso em design sustentável

A Móveis JB, conforme destaca o CEO Rodrigo Bechara, lançou a primeira linha de móveis sustentáveis de ponta a ponta da América Latina, considerada um “projeto disruptivo” pelo setor.

“Nós ganhamos, hoje, projeção no mercado. Trabalhamos com isso como um diferencial mercadológico e isso fez com que nós pudéssemos ganhar market share dentro do mercado. Os movimentos sustentáveis trazem, portanto, um sucesso no âmbito geral da empresa, como projeção no mercado, visibilidade, reconhecimento e, também, ganho de mercado internacional. Isso tem nos levado a lugares que nós nunca tínhamos chegado”, finaliza Bechara.

Veja também