Dois anos de Plataforma Setor Moveleiro: o que mudou em nossa indústria?

Dois anos de Plataforma Setor Moveleiro: o que mudou em nossa indústria?

27 de abril de 2022Categories: NotíciasTags: ,

Compartilhe nas redes!

Compartilhe nas redes!

A Plataforma Setor Moveleiro completa dois anos. Dois dos mais complexos e transformadores anos em nossa geração, seja no campo profissional ou pessoal. Período pelo qual a indústria de móveis deverá ser sempre lembrada como uma das mais resilientes e persistentes na economia nacional.

Fundada durante a primeira onda de Coronavírus no Brasil, em abril de 2020, como resposta à sensibilidade do momento e com o objetivo principal de preencher uma antiga lacuna na cadeia moveleira nacional — fornecer conteúdo e soluções estratégicas para os negócios do setor moveleiro, visando um processo decisório mais assertivo e estruturado —, a plataforma foi orgânica e rapidamente conquistando seu espaço e transformando-se numa referência na comunicação B2B em nosso setor, seja por meio dos artigos em nosso site, nossa interação nas redes sociais ou por meio do canal youtube.com/setormoveleiro, que tornou-se o maior voltado ao segmento no País.

Reunindo uma equipe heterogênea e multidisciplinar, composta por profissionais com décadas de experiência no setor moveleiro no Brasil e no exterior, nos propusemos a levantar reflexões e compartilhar insights na busca pelo desenvolvimento contínuo e sustentável da indústria moveleira, mesmo a frente de tantas mudanças, novidades e surpresas, nem sempre agradáveis, mas que exigiam acompanhamento, análise e identificação de soluções.

Mas, claro, em um contexto onde tecnologia e colaboração são o DNA definidor de novos modelos de negócios e transmissão de conhecimento, nosso conteúdo foi e vai muito além, sendo formado e difundido também, e especialmente, por meio de nossos leitores, seguidores, colunistas e parceiros comerciais, que colaboram dia após dia na busca por alternativas e novas estratégias para nosso setor nos mais diferentes elos da cadeia do mobiliário e campos de interesse para nosso empresariado, como na economia, no marketing e até mesmo em outros setores correlatos.

Plataforma Setor moveleiro nos últimos dois anos

Sexta maior produtora de móveis do mundo, como foram estes últimos dois anos para a indústria brasileira de móveis e colchões? Ninguém melhor para responder esta questão do que alguns dos principais profissionais e representantes do setor!

Marcelo Cenacchi – diretor-geral da Renner Sayerlack

Plataforma-Setor-Moveleiro

“Aqui na Sayerlack buscamos novas e diferentes alternativas para continuar atendendo e levando inovação para nossos clientes mesmo com as limitações impostas pela pandemia e também pelas dificuldades que a desorganização logística causou no abastecimento de muitos produtos e matérias-primas. Hoje acreditamos que aprendemos muito com estes novos cenários e estamos mais preparados para rápidas mudanças de estratégias. Certamente, a Plataforma Setor Moveleiro trouxe um importante incremento na relação entre muitos dos players deste nosso mercado. A possibilidade de dividir e divulgar informações, discutir alguns temas e principalmente buscar união do setor foram ganhos importantes para toda a cadeia moveleira.”

Tatiano Segalin, show manager da ForMóbile

ForMobile-Feira-Tatiano-Segalin

“Após dois anos de insegurança, 2022 deverá ser um ano muito positivo para a retomada e ativação da economia, mantendo o crescimento do setor moveleiro e fortalecendo as relações e parcerias, experiências e vendas presenciais, novos modelos de negócios, interações e consumo de conteúdo em formatos digitais. Nesse sentido, a Plataforma Setor Moveleiro é um canal que se mantém como referência para o setor com foco nos fabricantes de móveis e se une para propagar a positividade e a evolução do setor.”

Aureo Barbosa, presidente do Intersind (Sindicato Intermunicipal das Indústrias do Mobiliário de Ubá – MG)

Intersind-Aureo-Barbosa-Plataforma-Setor-Moveleiro

“Nos últimos anos tivemos de enfrentar mudanças repentinas, tanto no mercado como na forma de trabalhar. O tal do “fique em casa”, “não trabalhe”, insegurança jurídica nas relações trabalhistas, quebra na sequência de insumos da cadeia industrial, dentre outros, foram grandes desafios que enfrentamos e nos fizeram reinventar. Os aumentos abusivos das matérias-primas também foi um grande ofensor. Mas como um ponto positivo, nos deparamos com a nova grande oportunidade no mundo e comércio eletrônico, com a Plataforma Setor Moveleiro, sem dúvida, colaborando para o debate de conteúdos diversos, que nos ajudaram muito em vários momentos de tomadas de decisões estratégicas.”

Vinicius Benini, presidente do Sindmóveis (Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves – RS)

Vinicius-Benini-Sindmóveis-Plataforma-Setor-Moveleiro

“Avaliando estritamente a questão da evolução do setor moveleiro nos últimos dois anos, 2020 e 2021 foram anos surpreendentes. Com as pessoas em casa, elas passaram a entender que precisavam trocar os seus produtos e repaginar os cômodos, compreendendo a importância de estarem bem acomodadas e ressignificando o valor do móvel, do design, da usabilidade etc. Trazendo impactos positivos tanto nas vendas das indústrias de móveis brasileiras para o mercado interno quanto para o mercado externo. Obviamente, porém, sabíamos que esta demanda iria ser amenizada a partir da retomada à ‘normalidade’ e do redirecionamento dos gastos para outras áreas, como para o lazer, por exemplo. Claro, também passamos por grandes desafios, que se refletem especialmente na questão da crise de matéria-prima, com a disrupção da oferta e da demanda, que elevou o preço de basicamente todos os insumos. Nesse sentido, a Plataforma Setor Moveleiro realiza um papel fundamental de buscar soluções por meio da união entre os polos moveleiros e as indústrias do setor. Pois, no final das contas, o fortalecimento da cadeia depende de nós e esta união contribui demais para nos munir de informação. Tenho certeza que é um trabalho que ainda se engrandecerá muito mais nos próximos anos com tantas mãos dispostas a colaborar em prol de nosso setor.”

José Lopes Aquino, presidente Sima (Sindicato das Indústrias de Móveis de Arapongas – PR)

Jose-Lopes-Aquino-SIMA

“A mudança mais positiva dos últimos dois anos, acredito ter sido a aceleração digital das empresas frente a restrição presencial na sua atuação. A busca de novos mercados, de novos produtos e, especialmente, de novas formas de se comunicar e interagir com os públicos-alvos foram muito impulsionadas, transformando as empresas do polo moveleiro de Arapongas em empresas mais globais e tecnológicas. O ponto mais negativo para nosso setor, porém, foi certamente a desorganização da cadeia produtiva, gerando escassez e inflação de custos, atingindo de forma significativa os preços dos produtos, bem como criando um descompasso entre preço e capacidade de compra do consumidor. Mas, como já disse anteriormente, nada na vida é por acaso, e a Plataforma Setor Moveleiro chegou providencialmente no início da pandemia, trazendo às nossas empresas um novo formato de comunicação, ágil e com uma dinâmica reativa jamais oportunizada em um meio de comunicação. Temas importantes para o momento foram ali tratados e muita luz foi ali colocada para todas as nossas empresas, gerando grande valor de percepção da realidade do momento e ajudando em muito as nossas tomadas de decisões diante de algo até então muito desconhecido. A agilidade na comunicação criada pela Plataforma Setor Moveleiro pode ser o canal que ajudará no crescimento mais rápido do setor moveleiro.”

Maic Caneira, presidente do Simm (Sindicato da Indústria do Mobiliário de Mirassol – SP)

Simm-Maic-Caneira-Plataforma-Setor-Moveleiro

“Os últimos anos, pelo grau de incerteza e de desafios que se impuseram para o setor moveleiro, impulsionaram uma evolução muito grande tanto no risco quanto na agilidade das tomadas de decisão, num ritmo muito rápido e intenso tanto para as empresas quanto para o polo como um todo, que teve que em alguns momentos que agir de maneira coletiva, outras de forma mais individual, devido a rapidez do momento, em especial frente ao estresse que acabou sendo gerado com os fornecedores de matéria-prima, questão que sabemos ter ocorrido em cadeia global, mas gerou bastante desgaste na indústria. A Plataforma Setor Moveleiro surgiu num momento muito importante, com velocidade e qualidade de informação. O que falávamos num dia, já era prontamente discutido, com informação bem certeira em relação ao que o pessoal vem buscando no nosso setor. Colaborando na condução, na decisão e na divulgação de questões muito importantes para o nosso setor.”

Paulo Freitas, Diretor Comercial da Eucatex

Paulo-Freitas-Eucatex-Plataforma-Setor-Moveleiro

Durante o período da pandemia, o foco da Eucatex foi garantir a eficiência na produção e entrega de um melhor serviço aos clientes. Para alcançar esse objetivo, elaboramos uma grande revisão no portfólio comercializado ao mercado, criamos um comitê para apoiar o supply chain e fizemos ações comerciais resultando num faturamento de vendas em 2021 superior ao ano de 2020. Acreditamos que apesar do cenário conjuntural desafiador para 2022 e a importância do tripé ‘emprego, renda e confiança’ para estimular o consumo, a valorização do lar ainda é um fator relevante para minimizar a retração das vendas, devendo ser explorada com inteligência pela cadeia produtiva de móveis, apesar da queda no poder de compra, para construção de  negócios pautados em diferentes canais de vendas de móveis no mercado interno e no exterior. Nesse ambiente, a Plataforma Setor Moveleiro ocupa um espaço estratégico na comunicação, não apenas tratando de assuntos que são do interesse direto do moveleiro e dos fornecedores, como também abrindo o debate para a discussão de soluções e o compartilhamento de experiências. Para a Eucatex é fundamental manter a competitividade no mercado de forma criativa, acompanhando as transformações digitais. Vemos a Plataforma como um novo padrão de comunicação e que está se mostrando bastante positivo para o compartilhamento de conhecimento. Por meio de nossas pesquisas com consumidores, principalmente pelo canal YouTube. Essa parceria permite apoiar os fabricantes de móveis na tomada de decisões para o seu negócio, reforçando a importância de aprofundar dados analíticos.”

Plataforma Setor Moveleiro

Deixe Um Comentário

  • Categories: Marketing

    Colchões Castor – Chegar aos 60 anos em boa forma não é uma missão simples. Exige jogo de cintura, muita […]

  • Categories: Indústria

    Indústria moveleira – Acompanhando as oscilações no mercado moveleiro nacional, impactado, entre outros motivos, pela instabilidade econômica e a retomada […]

  • Categories: Feiras

    Fornecedor na cadeia moveleira – Enquanto muitos consumidores direcionaram seus recursos para realizar melhorias em suas casas durante os últimos […]

  • Categories: Varejo

Notícias em Destaque

  • Categories: Indústria, Notícias

    Abaixo do desejado desde dezembro de 2019, o nível dos estoques de produtos finais, que atingiu nível crítico no segundo […]

  • Categories: Indústria

    Na semana passada, nós falamos sobre as oportunidades para os móveis brasileiros nos Estados Unidos – clique para ler. Enquanto […]

  • Categories: Indústria

    A produção industrial no Brasil caiu 0,4% na passagem de agosto para setembro deste ano. Esta é a quarta queda […]

Assine
a nossa
Newsletter

    Opinião