Preloader

Ergonomia e adaptação de móveis: foco na população idosa

Ergonomia e adaptação de móveis: foco na população idosa

O envelhecimento da população é um fenômeno global, que traz a necessidade de repensar o design e a ergonomia dos produtos, especialmente dos móveis, para atender às demandas específicas da população idosa. A adaptação desses itens é imperativa a fim de garantir conforto, segurança e qualidade de vida à melhor idade. Nós já abordamos esse tema na Plataforma do Setor Moveleiro e, caso tenha interesse, convidamos você a conferir o artigo completo por meio deste link:

Na matéria de hoje, vamos destacar duas inovações recentes na indústria de móveis que exemplificam a preocupação com a ergonomia.

Adaptação e ergonomia para diferentes idades 

A poltrona Sinuosa vencedora do Prêmio Salão Design Movelsul na categoria Desafio da Tecnologia Embutida, é um exemplo notável que reúne estética, ergonomia e sustentabilidade em um único produto. O projeto do designer Rodrigo Erthal aborda a ergonomia de maneira minuciosa, com curvas especialmente projetadas para se adaptar ao corpo humano. “Como é produzida sob demanda, o projeto também pode ser personalizado para diferentes idades, aumentando um pouco a altura do assento para idosos ou mesmo aumentando a sua inclinação”, considera Erthal.

Esta poltrona não apenas é confeccionada totalmente a partir de plástico reciclado, o que a torna 100% reciclável, mas também evidencia um sólido compromisso com a responsabilidade ambiental. Esse comprometimento tem um impacto significativo na diminuição de resíduos. Por conseguinte, o processo de fabricação utiliza o mesmo material que compõe os copos descartáveis, o que significa que cerca de 70.000 copos são transformados em uma nova poltrona. Isso demonstra uma abordagem inovadora e ecologicamente consciente na criação de móveis.

Inovação produtiva com impressão 3D 

A produção da poltrona Sinuosa também incorpora inovação tecnológica. O uso de impressão 3D de grande formato e a operação eficiente de um braço robótico CNC, reduzem significativamente o tempo de fabricação. Assim, levam apenas 6 horas para a conclusão de uma unidade.

Além disso, a interação com a Pangeia Lab, coordenada pelo co-autor Arian Rayegani, desempenhou um papel fundamental ao garantir essa abordagem produtiva eficiente. De fato, o casamento entre design ergonômico e tecnologia de produção avançada, destaca o potencial de adaptação da indústria de móveis às demandas contemporâneas. 

Rodrigo Erthal, um engenheiro com mais de 15 anos de experiência em design industrial, revela que a criação da poltrona Sinuosa surgiu de sua busca contínua por tecnologia e inovação.

Neste cenário, convidamos o design para ser o autor do artigo da próxima semana. Esteja atento ao Portal do Setor Moveleiro, onde tecnologia e as possibilidades da Inteligência Artificial na produção de móveis. “Os designers precisam ter uma mente aberta para as novas tecnologias que vêm da indústria e também dedicar tempo para entender como adaptar ao seu estilo”, destaca.

[ngg src=”galleries” ids=”10″ display=”basic_slideshow”]

Longevidade do produto: conforto e regulação térmica

Os colchões também desempenham um papel crucial na qualidade de vida dos idosos. O colchão Vitagel Pocket® Classic, apresentado pela Colchões Castor na Movelsul, combina molas da marca Pocket®, exclusivas da Castor no Brasil. Uma tecnologia inovadora que garante maior suporte anatômico, impedindo que um lado do colchão sinta os impactos feitos do outro lado.

Além de possuir maior quantidade de molas ensacadas por m2, a sua distribuição independente proporciona um maior conforto e suporte para o corpo. Além disso, o uso de materiais como a espuma Fresh Comfort com partículas de Gel e o tecido com tecnologia Feran Ice regulam o microclima da pele. Isso, garantirá um sono confortável em todas as estações do ano, por exemplo.

As variações climáticas impactam diretamente a população idosa. Nesse contexto, a Castor desenvolveu o produto com foco nas diversas condições climáticas do Brasil. Tais como temperaturas elevadas, níveis de umidade marcantes e a ocorrência de invernos rigorosos em determinadas regiões. Com efeito, isso destaca a importância de considerar esses fatores ao criar produtos que atendam às necessidades específicas da população idosa.

[ngg src=”galleries” ids=”11″ display=”basic_slideshow”]

Ventilação e inovação tecnológica

Além das tecnologias de conforto, o colchão Vitagel também aborda a importância da ventilação. A tecnologia ÁRIA 3D presente nas laterais do colchão promove a circulação constante de ar, controlando a umidade e o calor durante o sono. Essa característica é vital para um descanso confortável e revitalizante, especialmente em climas variados. Além disso, a durabilidade do colchão é aprimorada pela sua natureza Dupla Face, que permite a utilização de ambos os lados, prolongando sua vida útil.

De acordo com o CEO da Castor, Helio Antonio Silva, a Movelsul foi um evento de grande sucesso para a Castor, tanto em termos de negócios quanto de relacionamento com clientes e parceiros. “Foi uma ótima oportunidade para podermos apresentar nossos novos produtos e tecnologias, que foram muito bem recebidos pelo público”, disse.

 

Portanto, essas inovações demonstram que a interseção entre design, tecnologia e conforto é fundamental para criar produtos que atendam às necessidades específicas dos idosos. À medida que a sociedade envelhece, a busca por soluções ergonômicas e funcionais deverá moldar a indústria de móveis. Apenas assim, garantiremos que a população idosa desfrute de maior conforto e qualidade de vida.

Veja também