Eucatex e a evolução da indústria moveleira nos últimos 70 anos: o que esperar para os próximos?

Eucatex e a evolução da indústria moveleira nos últimos 70 anos: o que esperar para os próximos?

23 de novembro de 2021Categories: Notícias

Compartilhe nas redes!

Compartilhe nas redes!

Eucatex Painéis e Pisos - Plataforma Setor Moveleiro

Você já parou para pensar em tudo que ocorreu na última década no País e no mundo? E nas últimas sete décadas? Imagine agora o quanto tudo isso impactou a forma de morar e trabalhar, bem como as necessidades, os interesses e os hábitos de compra dos consumidores. Completando 70 anos de atuação, a Eucatex participou de momentos históricos, resistiu a crises e colaborou para grandes transformações no aspecto industrial, econômico, social, ambiental e, em especial, para a evolução da qualidade técnica e do design de soluções para a indústria moveleira e da construção civil.

Exibindo a maturidade de um grupo que soube ajustar as suas linhas de produtos e responder às novas exigências do consumidor brasileiro e de mercados importadores, tanto no seu jeito de morar como nas diferentes maneiras de pensar o ambiente de trabalho, o grupo se mantém como um dos maiores produtores de pisos laminados, divisórias, portas, painéis MDP e MDF, chapas de fibras de madeira, além de tintas e vernizes do Brasil.

São 70 anos de história, três gerações de colaboradores, quase 3 mil funcionários, 100 famílias de produtos originários de seis modernas fábricas, além de escritórios nos Estados Unidos e exportações para mais de 40 países.

 

História da Eucatex

Fundada oficialmente no dia 23 de novembro de 1951, há exatamente 70 anos, o embrião da Eucatex, porém, veio muito antes: estamos falando da Serraria Americana, instalada em 1923 em São Paulo (SP), e sobre a qual o atual presidente da empresa e neto do fundador, Flávio Maluf, compartilhou memórias em sua participação no Personalidades Setor Moveleiroclique para assistir.

Tendo nascido, portanto, já com a experiência e expertise aplicada por anos em uma das maiores serrarias da América Latina, a Eucatex se diferenciou por sua atuação precursora desde o início de suas atividades. A empresa foi a primeira a pensar em conforto ambiental e acústico, assim como a usar o eucalipto como matéria-prima para a produção de chapas e painéis no Brasil.

Foi a Eucatex, aliás, quem trouxe a primeira linha contínua de fabricação de MDP (Medium Density Particleboard) para o País, inclusive instituindo e compartilhando o nome do produto com o mercado.

HomeOffice---Planeta---MDP-Perffect-Wood-Nogal-Manchester-+-Perffect-Touch-Grafite-Intenso-+-Perffect-Touch-Preto-Ônix

Home Office Planeta MDP – Perffect Wood Nogal Manchester + Perffect Touch Grafite Intenso + Perffect Touch Preto Ônix

E o que isso significou para a indústria moveleira em termos de ganhos competitivos?

De uma maneira geral, um móvel é composto pela utilização tanto do MDF, produto também fabricado pela empresa, quanto do MDP.  Este último tem melhor desempenho em linhas seriadas de móveis, em equipamentos industrializados em larga escala. Já o profissional de marcenaria prefere o MDF por conta dos processos e equipamentos utilizados em suas oficinas.

Por ter melhor estabilidade dimensional, o MDP é mais indicado para compor a “caixaria” dos móveis, pois possui maior resistência estrutural. Além de também ser uma excelente opção para áreas com maior umidade, como cozinhas e banheiros.  Como material mais versátil, o MDF, por sua vez, é utilizado em projetos mais elaborados, como móveis com linhas curvas. Também é mais empregado na parte de tamponamento dos móveis, portas e frentes de gavetas, por lidar bem com usinagens e permitir um ótimo acabamento, tanto em pintura como para a aplicação de revestimentos.

Hall_MDF-Raízes-Freijó-Âmbar-e-Lacca-AD-Desert-Rose

Hall MDF- Raízes Freijó Âmbar + Lacca AD Desert Rose

Seja qual for a escolha, contudo, ambos são produtos com ótimo desempenho na fabricação de móveis e que evoluíram muito nos últimos anos. Com a qualidade técnica e visual de ambos acompanhando a evolução tecnológica e criativa da Eucatex nas últimas décadas. Exemplos são as mais recentes linhas de MDP e MDF da marca, que se diferenciam pelo acabamento, durabilidade e flexibilidade no manuseio.

Sustentabilidade como diferencial competitivo

Outro ponto essencial que merece atenção nestes 70 anos e que agrega valor a todos os móveis e interiores desenvolvidos com os produtos da empresa é a preocupação ambiental aplicada em todas as linhas e processos.

A Eucatex é a primeira empresa brasileira do seu setor a receber a certificação ISO 9001, com seu manejo florestal tendo o reconhecimento internacional por meio da obtenção da certificação FSC®  (Forest Stewardship Council) de Manejo Florestal desde 1996 e, há 22 anos, do certificado de Cadeia de Custódia.

Usando o eucalipto como matéria-prima para a produção, a empresa investe desde seus primórdios em terras e práticas de reflorestamento para garantir a autossuficiência de abastecimento. Incorporando, assim, seu desempenho em prol do meio ambiente e da sociedade.

Em 2004, a empresa inaugurou a primeira Linha de Reciclagem de Madeira, em Salto (SP), para processamento de material captado por meio do Programa de Reciclagem de Madeira. O programa consiste em recolher resíduos de madeira gerados por outras empresas num raio de até 100 km, que são selecionados, limpos e transformados em cavaco. Todo o material é depois utilizado para geração de energia consumida por unidades fabris do grupo.

A empresa também se relaciona diretamente com a comunidade ao seu redor

Sala-Planeta---MDP-Perffect-Wood-Elmo-Canaletado-+-Perffect-Touch-Preto-Ônix-+-BP-TX-Nero-Marquina-

Sala Planeta MDP – Perffect Wood Elmo Canaletado + Perffect Touch Preto Ônix + BP TX Nero Marquina

Há mais de duas décadas, a Eucatex desenvolve um Programa de Educação Ambiental (PEA), denominado “Casa da Natureza”. O projeto é desenvolvido em parceria com as prefeituras de cidades paulistas contempladas por ele — Bofete e Salto — e atende, principalmente, alunos das escolas das redes públicas de ensino.

O grupo também desenvolve um programa de apicultura. A intenção, com isso, é a geração de renda para famílias das regiões de abrangência da unidade florestal, por meio da disponibilização de pasto apícola. Para que apicultores possam realizar produção de mel, explorando a florada de eucalipto nas florestas da empresa.

Quem está no entorno das fazendas da Eucatex, ainda, é visitado pelos especialistas da companhia. A intenção da iniciativa é dialogar com a sociedade sobre possíveis impactos das operações florestais e realizar diagnósticos socioeconômicos. Contribuindo com a qualidade de vida e bem-estar local.

Demonstrando, assim, que muito além de uma corporação, a empresa se coloca como um agente transformador. Dessa forma, desenvolvendo soluções, gerando empregos, preservando o meio ambiente e colocando a indústria e os produtos brasileiros em paridade com os maiores mercados ao redor do mundo.

Hall_MDF-Raízes-Carbono-e-Noce-Oro

Hall MDF – Raízes Carbono e Noce Oro

Estratégia da Eucatex para o mercado interno da indústria de móveis

Se olhar para o passado é satisfatório, entender o presente é ainda mais importante. Tendo no setor moveleiro uma parcela significativa de seus negócios, o que a Eucatex tem a oferecer para a indústria moveleira nesse momento de transição e reinvenção? É sobre isso que falamos com Paulo Freitas, diretor comercial de indústria e revenda da Eucatex no Vitrine Setor Moveleiro. Assista na íntegra abaixo.

Deixe Um Comentário

Notícias em Destaque

Assine
a nossa
Newsletter