Exportações de painéis de madeira brasileiro para a América Latina sobem quase 50%

Exportações de painéis de madeira brasileiro para a América Latina sobem quase 50%

9 de dezembro de 2021Categories: IndústriaTags: , , ,

Compartilhe nas redes!

Compartilhe nas redes!

consumo-e-exportações-depainéis-de-madeira-brasileiros-ibá

Ontem nós trouxemos aqui os resultados da produção de móveis no Brasil entre janeiro e setembro de 2021. Apesar da queda de 8% no volume produzido na passagem do oitavo para o nono mês do ano, os números do terceiro trimestre apontam leve retomada da indústria moveleira frente aos indicadores do trimestre anterior. E como anda a cadeia de abastecimento no setor madeira e móvel? E as exportações de painéis?

Abastecimento do mercado interno

De acordo com relatórios do IBÁ (Indústria Brasileira de Árvores), nos primeiros nove meses de 2021, o consumo brasileiro de placas de madeira (aglomerado / MDP, MDF e Chapa dura), um dos mais importantes materiais para a produção de móveis, atingiu 6,18 milhões de m³. Um aumento, portanto, de 23% em relação aos 5,02 milhões de m³ alcançados entre janeiro e setembro do ano passado.

No acumulado de 2021 até setembro, desta forma, as vendas consolidadas no mercado interno brasileiro atingiram 6,14 milhões de m³. Melhoria de 22,3% em relação a igual período de 2020 (5,02 milhões de m³).

Exportações de painéis de madeira brasileiros

Já os valores de exportações de painéis de madeira brasileiros alcançaram US $ 251,1 milhões no ano. Representando, por sua vez, um crescimento de 28,3% em relação aos US $ 195,7 milhões exportados nos nove primeiros meses de 2020.

A América Latina foi o principal mercado regional de exportação de painéis de madeira brasileiros no período, com US $ 141,8 milhões em receita. Forte aumento nesta comparação, aliás, com um crescimento de 49,9% nas exportações do setor para região em comparação com 2020, quando a receita havia sido de US $ 94,6 milhões. Fator em parte justificado pelo bom desempenho do setor moveleiro na região; em parte pelo aumento dos preços da chapa pronta, em função da disrupção na cadeia de fornecimento e a alta da inflação em praticamente todos os setores produtivos.

O mercado norte-americano — sendo os Estados Unidos o maior importador de móveis brasileiros no mundo — também continuou em evidência: US $ 80,2 milhões em painéis de madeira exportados para a região; aumento de 24,9% em relação a 2020.

Às exportações de painéis para a China, embora tenha caído 29,2% — questão que deve ser acompanhada —, foi o terceiro mercado para as exportações brasileiras no setor. Passando de US $ 17,1 milhões nos nove primeiros meses de 2020 para US $ 12,1 milhões em igual período neste ano.

De uma forma geral, os volumes exportados pelos fabricantes brasileiros de painéis de madeira entre janeiro e setembro apresentaram crescimento de 6,7%; com 972 mil m³ enviados ao exterior.

exportações-de-painéis-de-madeira-ibá

Deixe Um Comentário

  • Categories: Demanda em Foco

    No Demanda em Foco Setor Moveleiro de hoje analisamos o comportamento dos consumidores de móveis e colchões no País. Começando […]

  • Categories: Feiras

    Após dois anos de restrições que impossibilitaram a realização presencial da Movelpar, devido à situação da pandemia de Coronavírus no […]

  • Categories: Indústria
  • Categories: Design

    Tendências 2022 / 2023 – No primeiro artigo de nossa série em parceria com a Eucatex, publicado em 28 de […]

  • Categories: Economia

Notícias em Destaque

  • Categories: Indústria, Notícias

    Abaixo do desejado desde dezembro de 2019, o nível dos estoques de produtos finais, que atingiu nível crítico no segundo […]

  • Categories: Indústria

    Na semana passada, nós falamos sobre as oportunidades para os móveis brasileiros nos Estados Unidos – clique para ler. Enquanto […]

  • Categories: Indústria

    A produção industrial no Brasil caiu 0,4% na passagem de agosto para setembro deste ano. Esta é a quarta queda […]

Assine
a nossa
Newsletter

    Opinião