Preloader

Gestão da cadeia de suprimentos na indústria moveleira: saiba como reduzir custos e como melhorar a eficiência

Gestão da cadeia de suprimentos na indústria moveleira: saiba como reduzir custos e como melhorar a eficiência

Na indústria moveleira, na qual a excelência na gestão da cadeia de suprimentos é crucial para o sucesso operacional, cada elo desempenha um papel vital na entrega eficiente de produtos finais aos clientes. Gerenciar essa complexa rede de fornecedores, fabricantes e distribuidores requer uma abordagem estratégica que, além de reduzir os custos, aprimore a eficiência em todos os estágios do processo. Na matéria abaixo, você vai conhecer as principais estratégias para reduzir custos e para melhorar a eficiência da cadeia de suprimentos. Boa leitura!

A indústria moveleira é um setor que, historicamente, tem sido influenciado por uma série de fatores, desde tendências de design até mudanças nas preferências dos consumidores. 

No entanto, nos últimos anos, a complexidade da gestão da cadeia de suprimentos tem sido considerada um aspecto crucial para o sucesso e a competitividade das empresas nesse ramo. 

Globalização

À medida que a globalização aumenta a interconectividade entre os mercados e os avanços tecnológicos transformam a maneira como os negócios são conduzidos, a eficiência e a agilidade na gestão da cadeia de suprimentos se tornaram imperativos para manter uma posição de destaque no mercado.

Compreender e aprimorar a gestão da cadeia de suprimentos na indústria moveleira é essencial não apenas para enfrentar os desafios tradicionais, como a volatilidade dos preços das matérias-primas e os ciclos sazonais de demanda, mas também para aproveitar as oportunidades oferecidas pelo ambiente em constante mudança. 

Desde a seleção criteriosa de fornecedores até a otimização dos processos de fabricação e distribuição, cada aspecto da cadeia de suprimentos desempenha um papel crucial na competitividade e na lucratividade das empresas moveleiras.

Gestão da cadeia de suprimentos na indústria moveleira: saiba como reduzir custos e como melhorar a eficiência
A indústria moveleira é um setor que, historicamente, tem sido influenciado por uma série de fatores, desde tendências de design até mudanças nas preferências dos consumidores

Nesta matéria, que irá lhe apresentar as principais estratégias para gerenciar a cadeia de suprimentos com redução de custos e melhora da eficiência, você vai conferir:

  • O que é gestão da cadeia de suprimentos?
  • Quais são os principais desafios na gestão da cadeia de suprimentos?
  • Quais são as etapas de uma gestão da cadeia de suprimentos eficiente?
  • Como a tecnologia pode auxiliar na gestão da cadeia de suprimentos?
  • Como reduzir custos na gestão da cadeia de suprimentos?
  • Quais são as estratégias para minimizar riscos na cadeia de suprimentos?

O que é gestão da cadeia de suprimentos?

A gestão da cadeia de suprimentos, muitas vezes referida como SCM (Supply Chain Management), engloba o planejamento e a coordenação de todas as atividades envolvidas na obtenção de matérias-primas, transformação em produtos acabados e entrega aos clientes. 

O conceito visa otimizar o fluxo de materiais, informações e finanças ao longo de toda a cadeia, desde os fornecedores de matéria-prima até os consumidores finais. 

Essa abordagem permite que as empresas identifiquem oportunidades de melhorias em cada etapa do processo, visando reduzir custos, minimizar desperdícios e aumentar a eficiência global.

Além disso, a gestão da cadeia de suprimentos também envolve a colaboração estreita com fornecedores e parceiros de negócios, buscando estabelecer relacionamentos sólidos e estratégicos que promovam a inovação, a confiabilidade e a flexibilidade.

Como reduzir custos e como melhorar a eficiência na indústria moveleira?
A gestão da cadeia de suprimentos permite que as empresas identifiquem oportunidades de melhorias em cada etapa do processo

Quais são os principais desafios na gestão da cadeia de suprimentos?

Apesar dos benefícios evidentes, a gestão da cadeia de suprimentos na indústria moveleira enfrenta uma série de desafios únicos. 

Um dos principais é a necessidade de lidar com uma grande variedade de matérias-primas, cada uma com suas especificidades de fornecimento e requisitos de qualidade. 

Isso requer uma cuidadosa seleção de fornecedores confiáveis e estratégias de diversificação para mitigar o risco de interrupções na cadeia de suprimentos.

Além disso, a sazonalidade da demanda e a imprevisibilidade do mercado podem representar desafios significativos para as empresas moveleiras. 

Flutuações na demanda podem levar a problemas de excesso ou escassez de estoque, afetando tanto os custos operacionais quanto a satisfação do cliente.

Gestão da cadeia de suprimentos na indústria moveleira: saiba como reduzir custos e como melhorar a eficiência
Bruno Benini, COO (Chief Operating Officer) da Frete Gestão, aponta que, em linhas gerais, os principais desafios atualmente incluem a complexidade da cadeia de fornecimento

Complexidade da cadeia de fornecimento

Bruno Benini, COO (Chief Operating Officer) da Frete Gestão, aponta que, em linhas gerais, “os principais desafios atualmente incluem a complexidade da cadeia de fornecimento, junto com  a sazonalidade da demanda, a variáveis dos materiais e produtos, a gestão de estoques (importante) e a garantia da qualidade dos produtos finais”.

De acordo com o consultor empresarial Claudio Perin, ao considerar o Brasil e suas dimensões continentais, é possível compreender que qualquer estratégia de cobertura nacional implica em uma equação bastante complexa para o frete.

“Apesar de valer para fornecedores e fabricantes de móveis, isso não é uma questão atual e sim geográfica. Já a flutuação dos preços das matérias-primas e a administração de estoques sim. A complexidade da demanda e as expectativas dos clientes por prazos de entrega mais curtos somada com a crescente e obrigatórias personalização dos produtos como estratégia competitiva, tem desenhado o mercado moveleiro em um ambiente bastante complexo, somando ainda a questão da multivolumetria que os produtos exigem.” 

Perin aponta, ainda, que a globalização aumentou a competição entre as empresas, tornando essencial uma gestão eficiente para se permanecer competitivo, embora o custo do frete internacional ainda traga uma certa proteção. 

“Pontuado todo este esforço, o lojista precisa reduzir os estoques para aumentar a diversidade tendo em vista o mesmo custo de sua política de estoques”, acrescenta.

Como reduzir custos e como melhorar a eficiência na indústria moveleira?
O consultor empresarial Claudio Perin afirma que, ao considerar o Brasil e suas dimensões continentais, é possível compreender que qualquer estratégia de cobertura nacional implica em uma equação complexa

Quais são as etapas de uma gestão da cadeia de suprimentos eficiente?

Uma gestão eficiente da cadeia de suprimentos na indústria moveleira geralmente segue algumas etapas-chave. Nesse caso, o planejamento da demanda certamente é o alicerce de qualquer trabalho, de acordo com o consultor empresarial.

Análise e planejamento

A primeira etapa é a análise e planejamento, que envolve a avaliação das necessidades de materiais, previsão da demanda e desenvolvimento de estratégias para otimizar a disponibilidade de recursos. 

Seleção de fornecedores na gestão da cadeia de suprimentos

Em seguida, há a etapa de aquisição, na qual são selecionados fornecedores confiáveis e estabelecidos contratos que definem os termos de fornecimento, qualidade e preço.

Produção

Após a aquisição, segue-se a produção, onde as matérias-primas são transformadas em produtos acabados. Durante essa etapa, é essencial garantir eficiência nos processos de fabricação, minimizando desperdícios e mantendo altos padrões de qualidade.

Gestão da cadeia de suprimentos na indústria moveleira: saiba como reduzir custos e como melhorar a eficiência
Uma gestão eficaz implica em garantir que os produtos certos sejam entregues no momento certo e no local correto

Distribuição na gestão da cadeia de suprimentos

Posteriormente, ocorre a distribuição, que abrange o armazenamento, transporte e entrega dos produtos aos clientes finais. 

“As etapas fundamentais passam a ser a gestão de fornecedores e contratos, a gestão de estoque, a otimização da produção, o gerenciamento de transporte e distribuição, e a análise e melhoria contínua dos processos precisa ser um dos escopos de trabalho constantes da empresa. Por isso, o termo Supply Chain deixou de ser um termo acadêmico e virou atitude diária”, pontua Perin.

Uma gestão eficaz nessa etapa implica em garantir que os produtos certos sejam entregues no momento certo e no local correto, enquanto se mantém os custos de logística sob controle.

“Investir em frota própria ou terceirizada, além de utilizar embalagens adequadas para proteção dos produtos, implementar sistemas de rastreamento e monitoramento em tempo real e otimizar rotas de entrega são passos importantes para a logística”, aponta o COO da Frete Gestão.

Como reduzir custos e como melhorar a eficiência na indústria moveleira?
A tecnologia proporciona maior transparência, eficiência e capacidade de resposta, permitindo que as empresas identifiquem rapidamente problemas potenciais

Como a tecnologia pode auxiliar na gestão da cadeia de suprimentos?

A tecnologia desempenha um papel crucial na modernização e melhoria da gestão da cadeia de suprimentos na indústria moveleira. 

Sistemas avançados de gerenciamento de estoque e planejamento de recursos empresariais, que são chamados de ERP, permitem uma visão abrangente e em tempo real de todas as atividades ao longo da cadeia, desde o recebimento de materiais até a entrega dos produtos finais. 

Transparência e eficiência

Essas ferramentas proporcionam maior transparência, eficiência e capacidade de resposta, permitindo que as empresas identifiquem rapidamente problemas potenciais e implementem soluções de forma proativa.

Além disso, tecnologias como a IoT (Internet das Coisas) e análise de big data estão revolucionando a forma como as empresas gerenciam suas operações de cadeia de suprimentos. 

Sensores instalados em equipamentos e produtos podem fornecer dados em tempo real sobre condições ambientais, localização e desempenho, possibilitando uma maior rastreabilidade e controle sobre os ativos.

“​​Por meio de sistemas integrados de gestão empresarial, soluções de cotação de frete, rastreamento e conciliação financeira dos conhecimentos e análise de dados para previsão de demanda e automação dos processos, é possível melhorar os processos da gestão da cadeia de suprimentos”, explica Benini.

Gestão da cadeia de suprimentos na indústria moveleira: saiba como reduzir custos e como melhorar a eficiência
Uma estratégia eficaz para reduzir custos é a otimização dos processos logísticos, buscando reduzir os custos de transporte, armazenamento e manuseio de materiais

Como reduzir custos na gestão da cadeia de suprimentos?

Reduzir custos na gestão da cadeia de suprimentos é uma prioridade para as empresas da indústria moveleira, especialmente em um ambiente competitivo. 

Otimização de processos logísticos

Uma estratégia eficaz para alcançar esse objetivo é a otimização dos processos logísticos, buscando reduzir os custos de transporte, armazenamento e manuseio de materiais. 

Isso pode ser alcançado através da consolidação de remessas, roteamento eficiente e negociação de tarifas favoráveis com transportadoras e fornecedores de logística.

Gestão de estoque na gestão da cadeia de suprimentos

Além disso, a adoção de práticas de gestão de estoque just-in-time pode ajudar a minimizar os custos associados ao excesso de inventário. 

Ao sincronizar a produção com a demanda real dos clientes, as empresas podem reduzir os custos de armazenamento e obsolescência, ao mesmo tempo em que mantêm um nível adequado de disponibilidade de produtos. 

Transporte

De acordo com Claudio Perin, as melhores práticas incluem a otimização de rotas de transporte, a consolidação de cargas via softwares otimizadores, a negociação de contratos favoráveis com fornecedores, o controle eficiente de estoque para reduzir desperdícios e custos de armazenagem, o investimento em tecnologias de produção eficientes e sustentáveis e a busca por alternativas de matéria-prima com melhor relação custo-benefício.

“Tudo isso considera duas características fundamentais do setor moveleiro: a questão já citada da multi volumétrica característica do mobiliário, o que traz novos ingredientes para profissionais experientes em Supply Chain advindos de outros ramos de atividade somada ao fato de que a logística reversa do mobiliário é algo muito perigoso para quem sabe fazer contas. Então, é melhor arcar com custos que garantam a integridade do mobiliário do que remediar.”

Estratégias como parcerias estratégicas com fornecedores, implementação de programas de qualidade total e reengenharia de processos também podem contribuir significativamente para a redução de custos ao longo da cadeia de suprimentos.

Como reduzir custos e como melhorar a eficiência na indústria moveleira?
Ao trabalhar com múltiplos fornecedores para matérias-primas essenciais, as empresas podem reduzir a vulnerabilidade a interrupções na cadeia de suprimentos

Quais são as estratégias para minimizar riscos na cadeia de suprimentos?

Minimizar os riscos na cadeia de suprimentos é essencial para garantir a continuidade das operações e evitar potenciais prejuízos para as empresas moveleiras. 

Gestão da cadeia de suprimentos: diversificação de fornecedores

Uma estratégia fundamental para alcançar esse objetivo é a diversificação da base de fornecedores. 

Ao trabalhar com múltiplos fornecedores para matérias-primas essenciais, as empresas podem reduzir a vulnerabilidade a interrupções na cadeia de suprimentos causadas por eventos imprevistos, como desastres naturais ou instabilidades políticas.

“Diante do contexto já desenvolvido, penso que a capacidade preditiva empresarial em termos de gestão, precisa ser melhor explorada em termos de Supply Chain e neste ponto sinto que ainda não estamos trabalhando tanto quanto poderíamos, ainda somos na grande maioria reativos aos fatos”, aponta o consultor empresarial Claudio Perin.

Gestão da cadeia de suprimentos na indústria moveleira: saiba como reduzir custos e como melhorar a eficiência
A implementação de sistemas de monitoramento contínuo e a colaboração estreita com parceiros de negócios também desempenham um papel importante

Planos de contingência

Além disso, o estabelecimento de planos de contingência eficazes é crucial para lidar com crises potenciais. Isso inclui a identificação e avaliação de potenciais ameaças, o desenvolvimento de estratégias de mitigação de riscos e a criação de procedimentos claros para responder rapidamente a situações de emergência. 

A implementação de sistemas de monitoramento contínuo e a colaboração estreita com parceiros de negócios também desempenham um papel importante na identificação precoce de problemas e na mitigação de riscos ao longo da cadeia de suprimentos.

“A diversificação de fornecedores, o estabelecimento de planos de contingência, a análise de riscos e vulnerabilidades e, principalmente, a colaboração com parceiros de negócios para compartilhamento de informações e recursos são etapas fundamentais”, finaliza Benini.

Veja também