Preloader

Gestão de fornecedores: descubra quais são os desafios e as melhores práticas para as empresas do setor moveleiro

Descubra quais são os desafios e as melhores práticas para as empresas do setor moveleiro quanto à escolha e à manutenção de marcas parceiras

A gestão de fornecedores no setor moveleiro é um pilar fundamental para o funcionamento bem-sucedido das empresas. O gerenciamento de parceiros envolve, portanto, desde a importância de estabelecer relacionamentos estratégicos com os fornecedores até os desafios e as oportunidades que os gestores enfrentam ao selecionar e administrar sua cadeia de suprimentos. No artigo abaixo, você encontra as principais estratégias recomendadas para a gestão, bem como dicas para selecionar os melhores fornecedores. Boa leitura!

Na indústria moveleira, na qual a busca pela excelência e a entrega de produtos de qualidade são imperativos, a gestão de fornecedores se revela um dos pilares essenciais para o sucesso das empresas. 

Escolher com sabedoria os fornecedores que fornecerão as matérias-primas e componentes fundamentais para a produção de móveis é uma decisão estratégica que tem repercussões profundas. Para as empresas que atuam no setor moveleiro, essa escolha cuidadosa pode representar a diferença entre o sucesso e a estagnação no mercado altamente competitivo.

Neste contexto desafiador, a gestão de fornecedores se torna uma jornada complexa e repleta de decisões estratégicas. As empresas devem equilibrar critérios de seleção rigorosos com a necessidade de estabelecer relacionamentos produtivos e confiáveis com seus parceiros de fornecimento. 

Encontrar a fórmula certa para essa gestão pode ser uma tarefa árdua, mas é essencial para a manutenção da qualidade, eficiência e competitividade na indústria moveleira.

Gestão de fornecedores: descubra quais são os desafios e as melhores práticas para as empresas do setor moveleiro
Escolher com sabedoria os fornecedores que fornecerão as matérias-primas e componentes fundamentais para a produção de móveis é uma decisão estratégica

Neste texto, que aborda a importância de uma boa gestão de fornecedores, bem como as principais estratégias para selecionar e manter um bom relacionamento com as empresas, você vai conferir:

  • O que é gestão de fornecedores?
  • Quais são os principais aspectos de uma boa gestão de fornecedores?
  • Quais são os desafios das empresas do setor moveleiro quanto à gestão?
  • Quais são as melhores práticas para avaliar e selecionar fornecedores?
  • Quais métricas devem ser consideradas para avaliar a gestão?
  • Como a tecnologia tem impactado a gestão de fornecedores na indústria moveleira?

O que é gestão de fornecedores?

A gestão de fornecedores pode ser descrita como um conceito essencial em qualquer setor, mas no universo da indústria moveleira, suas nuances ganham ainda mais relevância.

Em essência, o termo engloba todas as atividades e estratégias envolvidas na identificação, seleção, contratação, monitoramento e manutenção de parcerias com fornecedores externos. 

Assim, é importante ressaltar que o conceito vai muito além de simplesmente comprar matérias-primas e componentes, uma vez que trata-se de estabelecer relacionamentos produtivos e colaborativos com aqueles que fornecem os insumos necessários para a produção de móveis de qualidade.

A gestão de fornecedores no contexto moveleiro consiste em um processo multifacetado que exige a avaliação de diversos critérios, como qualidade dos produtos, confiabilidade, prazos de entrega e custos. 

Em linhas gerais, significa que os gestores devem ser proativos na identificação de parceiros que atendam a esses requisitos cruciais, ao mesmo tempo em que mantêm um olhar constante sobre o desempenho e a eficiência dos fornecedores existentes. 

Afinal, em um mercado onde a inovação e a personalização são essenciais, a gestão de fornecedores eficaz é um dos principais impulsionadores para a obtenção de produtos finais de alta qualidade e satisfação do cliente.

O conceito também envolve a negociação de contratos, a garantia de que os padrões de qualidade e sustentabilidade sejam atendidos e a resolução de possíveis problemas ao longo da cadeia de suprimentos. 

Ao estabelecer processos sólidos de gestão de fornecedores, as empresas do setor moveleiro podem alcançar maior estabilidade e competitividade, mantendo-se preparadas para atender às demandas do mercado em constante mudança.

Descubra quais são os desafios e as melhores práticas para as empresas do setor moveleiro quanto à escolha e à manutenção de marcas parceiras
A ForMóbile é a maior e mais completa feira do setor moveleiro da América Latina

Setor de eventos da indústria moveleira

Os eventos voltados para a indústria moveleira são essenciais para o crescimento e para o desenvolvimento das empresas do setor. Para isso, é fundamental que as marcas responsáveis por sua organização produzam eventos não somente robustos, mas que também atendam às demandas de mercado das empresas participantes.

Para a programação do evento, contudo, os profissionais também devem estar atentos à gestão de fornecedores. 

Tatiano Segalin, show manager da Informa Markets, é responsável pela organização da ForMóbile, a maior e mais completa feira do setor moveleiro da América Latina, argumenta que, para que o evento aconteça, um amplo trabalho de análise e seleção de fornecedores deve ser realizado.

“Avaliamos uma série de fatores para selecionar os fornecedores de nossos eventos. E não só isso: depois que a feira acontece, analisamos mais de cinquenta itens para saber se a prestação de serviços dos fornecedores foi satisfatória. Sempre há algo a melhorar, mas, desde que tenha sido satisfatória, pontuamos o que é necessário e seguimos com a empresa em outros eventos”, explica.

Para os profissionais do setor de eventos da indústria moveleira, conforme aponta Segalin, um dos maiores desafios se refere à falta de fornecedores qualificados. 

“A pandemia trouxe impactos gigantescos para o setor de eventos e, com isso, muitos fornecedores acabaram mudando de ramo. Agora, precisamos estar muito mais atentos, já que não temos mais tantas opções. Isso também impactou na lei da oferta e da procura: com menos fornecedores, o preço dos serviços aumentou”, aponta o show manager.

Gestão de fornecedores: descubra quais são os desafios e as melhores práticas para as empresas do setor moveleiro
Tatiano Segalin, show manager da Informa Markets, é responsável pela organização da ForMóbile

Quais são os principais aspectos de uma boa gestão de fornecedores?

Uma gestão de fornecedores eficaz no setor moveleiro, conforme apontado anteriormente, é um processo multifacetado que envolve uma série de aspectos-chave. 

Seleção e transparência

Primeiramente, a seleção criteriosa dos fornecedores é fundamental. Isso significa que as empresas precisam identificar parceiros que atendam aos critérios de qualidade, confiabilidade e eficiência necessários para fornecer os insumos essenciais para a produção de móveis de alta qualidade. 

Ademais, a transparência na relação com os fornecedores é um fator crucial, pois uma comunicação aberta e constante ajuda a evitar mal-entendidos e a resolver problemas de maneira mais eficaz.

Alberto Luparia, diretor comercial da Maclinea, aponta que a qualidade e a eficiência dos fornecedores estão intrinsecamente ligadas à qualidade dos materiais e das ferramentas fornecidas às indústrias do setor moveleiro, o que reforça a importância de uma seleção criteriosa.

“A qualidade dos produtos fabricados por uma indústria moveleira não depende apenas do fator mão de obra qualificada e do fato de possuir ou não máquinas e equipamentos de ponta, mas principalmente do emprego de matérias-primas de qualidade”, defende.

Gestão de fornecedores: descubra quais são os desafios e as melhores práticas para as empresas do setor moveleiro
Alberto Luparia, diretor comercial da Maclinea, aponta que a qualidade e a eficiência dos fornecedores estão intrinsecamente ligadas à qualidade dos materiais fornecidos

Desempenho: um ponto crucial para a gestão de fornecedores

Outro aspecto essencial é a gestão do desempenho dos fornecedores ao longo do tempo. Isso inclui monitorar regularmente o cumprimento de prazos de entrega, a qualidade dos produtos fornecidos e a conformidade com os acordos contratuais. 

Além disso, a colaboração e o compartilhamento de objetivos com os fornecedores podem promover parcerias mais sólidas e produtivas. 

Sustentabilidade

A gestão de fornecedores bem-sucedida no setor moveleiro também deve levar em consideração a sustentabilidade, uma vez que a conscientização ambiental está em alta e a busca por materiais e práticas sustentáveis é uma tendência crescente no mercado moveleiro. 

Portanto, garantir que os fornecedores adotem práticas e materiais eco-friendly é um aspecto importante da gestão de fornecedores responsável e alinhada com as demandas do mercado atual.

A responsabilidade ambiental, social e corporativa é um aspecto fundamental para Claudio Perin, consultor empresarial do setor moveleiro. 

“Pensando nos 17 Objetivos da ONU (Organização das Nações Unidas), temos um mundo com recursos finitos e somos corresponsáveis por aquilo que deixaremos para a geração seguinte. As empresas mais engajadas automaticamente farão negócios preferencialmente entre si, pelo fato de possuírem a mesma visão de mundo”, aponta.

Gestão de fornecedores: descubra quais são os desafios e as melhores práticas para as empresas do setor moveleiro
A responsabilidade ambiental, social e corporativa é um aspecto fundamental para Claudio Perin, consultor empresarial do setor moveleiro

Quais são os desafios das empresas do setor moveleiro quanto à gestão de fornecedores?

As empresas que atuam no setor moveleiro enfrentam desafios únicos quando se trata de gestão de fornecedores. 

Qualidade e inovação

Um dos principais desafios é a necessidade de manter um equilíbrio entre a qualidade e a inovação, especialmente em um mercado onde os consumidores estão constantemente em busca de designs exclusivos e personalizados

Esse cenário, portanto, exige que as empresas encontrem fornecedores capazes de atender às demandas por materiais e componentes de alta qualidade, enquanto também podem se adaptar às mudanças e inovações do setor.

Para Alvino Lara, gerente comercial da Proadec Brasil, a qualidade dos produtos e dos serviços depende de uma seleção que leva em consideração uma série de aspectos relevantes.

“A escolha criteriosa de fornecedores reduz riscos relativos a problemas de qualidade e, muito importante, a falhas no cumprimento de prazos. Quanto mais eficiente for a cadeia de suprimentos, mais eficiente será a capacidade produtiva da empresa, elevando a qualidade do produto e maximizando a rentabilidade”, defende.

Cadeia de suprimentos

Além disso, a globalização do mercado moveleiro traz desafios relacionados à cadeia de suprimentos. Muitas empresas do setor dependem de fornecedores em diferentes partes do mundo, o que pode introduzir complexidades logísticas e desafios na gestão de prazos de entrega e conformidade regulatória. 

Preços

Também é fundamental lidar com as flutuações nos preços das matérias-primas, que podem impactar significativamente os custos de produção e, por sua vez, a margem de lucro das empresas.

Gestão de fornecedores: descubra quais são os desafios e as melhores práticas para as empresas do setor moveleiro
Os consumidores estão cada vez mais preocupados com o impacto ambiental dos produtos que compram

Sustentabilidade e a gestão de fornecedores

Outro desafio crítico é a sustentabilidade. Os consumidores estão cada vez mais preocupados com o impacto ambiental dos produtos que compram, o que coloca pressão nas empresas do setor moveleiro para garantir que seus fornecedores adotem práticas sustentáveis e ofereçam materiais ecologicamente responsáveis. 

Luparia, diretor comercial da Maclinea, reforça, também, que encontrar fornecedores verdadeiramente preocupados em atender às necessidades individuais de cada empresa do setor é um desafio.

“É complexo selecionar e cultivar um relacionamento com fornecedores que entendam os atributos e qualidades necessárias para atender não somente aos projetos técnicos do mobiliário em si, mas também a demanda, os prazos de entrega, as condições de pagamento e faturamento e outros pontos”, argumenta.

Na mesma linha de raciocínio, Lara defende que boas práticas sustentáveis, além de atraírem mais consumidores para as empresas do setor moveleiro, ajudam a economizar recursos, diminuir desperdícios e melhorar a qualidade da produção.

“Logo, as empresas têm que buscar fornecedores que compactuem dos mesmos objetivos. A responsabilidade social e corporativa leva à adoção de tecnologias sustentáveis”, argumenta o gerente comercial.

Quais são as melhores práticas para avaliar e selecionar fornecedores?

Para empresas que atuam no setor moveleiro, a seleção de fornecedores é uma etapa crítica que pode determinar o sucesso a longo prazo. 

Para lidar com os desafios e garantir a escolha dos fornecedores mais adequados, é fundamental seguir as melhores práticas de avaliação e seleção. 

Primeiramente, é essencial estabelecer critérios claros de seleção, priorizando a qualidade, confiabilidade e consistência dos fornecedores. Isso envolve a avaliação minuciosa das capacidades de produção, histórico de entrega pontual e a qualidade dos produtos oferecidos.

Ademais, a transparência e a comunicação eficaz são elementos-chave. Manter um diálogo aberto com os fornecedores durante todo o processo de seleção e contratação ajuda a evitar mal-entendidos e a alinhar expectativas. 

“A melhor prática que uma indústria moveleira pode adotar é a de se criar relacionamentos duradouros com os seus fornecedores. Essa é a famosa parceria”, explica Luparia.

A avaliação de fornecedores não deve ser um processo estático, mas sim contínuo. Isso significa que as empresas do setor moveleiro devem monitorar o desempenho de seus fornecedores ao longo do tempo, avaliando regularmente sua capacidade de atender aos padrões de qualidade, prazos de entrega e conformidade contratual.

Quais métricas devem ser consideradas para avaliar a gestão?

Ao avaliar a gestão de fornecedores no setor moveleiro, algumas métricas e indicadores-chave devem ser considerados para garantir um processo eficaz. 

Pontualidade na entrega

Uma métrica fundamental, por exemplo, é a taxa de entrega pontual, que mede a capacidade do fornecedor em cumprir os prazos acordados. A qualidade dos produtos fornecidos também é crucial e pode ser avaliada por meio de métricas como o número de produtos defeituosos ou retrabalhos necessários. 

Estabilidade de preços na gestão de fornecedores

Além disso, o desempenho financeiro do fornecedor, incluindo a estabilidade de preços e a capacidade de manter custos competitivos, é uma métrica relevante para a avaliação de gestão.

Gestão de fornecedores: descubra quais são os desafios e as melhores práticas para as empresas do setor moveleiro
No setor moveleiro, a capacidade do fornecedor de fornecer materiais e componentes inovadores e sob medida é de grande importância

Inovação

Outra métrica importante é a capacidade de inovação do fornecedor. No setor moveleiro, onde o design e a personalização são fatores de destaque, a capacidade do fornecedor de fornecer materiais e componentes inovadores e sob medida é de grande importância. 

Ademais, a conformidade com regulamentações ambientais e a adoção de práticas sustentáveis também devem ser monitoradas, considerando a crescente conscientização ambiental.

Como a tecnologia tem impactado a gestão de fornecedores na indústria moveleira?

A tecnologia desempenha um papel cada vez mais significativo na gestão de fornecedores na indústria moveleira, uma vez que revolucionou a forma como as empresas abordam a seleção, monitoramento e colaboração com fornecedores. 

Uma das maneiras mais impactantes é o uso de sistemas de gestão de relacionamento com fornecedores, que permitem às empresas rastrear e gerenciar o desempenho dos fornecedores de forma eficaz. 

“A indústria moveleira vêm empregando MRPs (Manufacturing Resource Planning) cada vez mais eficientes e devidamente integrados com ERPs. As empresas utilizam o MRP para elencar materiais necessários na cadeia produtiva, calcular quantidades, em quais etapas os materiais são alocados e outros aspectos relacionados ao planejamento, enquanto usam o ERP (Manufacturing Resource Planning), que abrange áreas como recursos humanos, cadeia de suprimentos, contabilidade e outras”, explica o diretor comercial da Maclinea.

Esses sistemas oferecem visibilidade em tempo real das operações de fornecedores, permitindo que as empresas identifiquem rapidamente problemas e oportunidades de melhoria.

Descubra quais são os desafios e as melhores práticas para as empresas do setor moveleiro quanto à escolha e à manutenção de marcas parceiras
A automação de processos, como a gestão de pedidos e pagamentos, tornou a colaboração com fornecedores mais eficiente e econômica

A tecnologia também facilitou a coleta de dados e análises avançadas, o que possibilita que as empresas avaliem o desempenho dos fornecedores com base em uma ampla gama de métricas. 

Além disso, a automação de processos, como a gestão de pedidos e pagamentos, tornou a colaboração com fornecedores mais eficiente e econômica. 

O uso de plataformas de comunicação on-line e ferramentas de colaboração em nuvem facilitou a troca de informações e documentos com fornecedores em qualquer lugar do mundo.

Perin defende que a transformação do setor pela tecnologia já começou e ainda há muito mais por vir nos próximos anos. “Estamos reduzindo o tempo total da cadeia, os pontos de ruptura, o ciclo de lançamento de novos produtos, a pulverização e capilaridade de mercado e mudando outros aspectos. De fato, a revolução é grande e bastante significativa. Só nos damos conta do quanto avançamos quando olhamos para trás nos últimos 10 anos”, finaliza o consultor.

Veja também