Preloader

Gestão de qualidade: quais são os pilares e como afeta a indústria moveleira?

Gestão de qualidade: quais são os pilares e como afeta a indústria moveleira?

Na competitiva indústria moveleira, a excelência na gestão de qualidade emerge como um fator determinante para o sucesso sustentável das empresas. O setor enfrenta desafios únicos. Estes, por sua vez, vão desde a seleção criteriosa de materiais até a entrega de produtos finais que atendam às crescentes expectativas dos consumidores. Na matéria abaixo, você vai saber mais sobre esse conceito, bem como sobre os pilares fundamentais, as melhores práticas e sua influência na indústria moveleira. Boa leitura!

No setor moveleiro, no qual a estética deve estar aliada à funcionalidade, a gestão de qualidade é considerada um alicerce que sustenta a excelência e a competitividade. 

Com a crescente sofisticação dos consumidores e a globalização dos mercados, as empresas que atuam na indústria de móveis enfrentam a necessidade premente de não apenas criar produtos visualmente cativantes, mas também garantir padrões de qualidade que resistam ao teste do tempo. 

Nesse contexto, a gestão de qualidade não é apenas uma abordagem operacional, mas uma estratégia essencial para posicionar as empresas moveleiras na vanguarda da inovação e satisfação do cliente.

A complexidade do processo moveleiro, que abrange desde a seleção de matéria-prima até a entrega do produto final, exige uma abordagem sistêmica para garantir a consistência e confiabilidade em cada etapa. 

A interação entre design, fabricação e distribuição impõe desafios únicos que somente uma gestão de qualidade robusta pode superar.

Gestão de qualidade: quais são os pilares e como afeta a indústria moveleira?
a gestão de qualidade não é apenas uma abordagem operacional, mas uma estratégia essencial para posicionar as empresas moveleiras no mercado

Nesta matéria, que aborda o conceito de gestão de qualidade, assim como sua relevância para as empresas que atuam no setor moveleiro, você vai conferir:

  • O que é gestão de qualidade?
  • Quais são os pilares da gestão de qualidade no setor moveleiro?
  • Como a gestão de qualidade impacta a eficiência operacional de empresas moveleiras?
  • Quais são os desafios enfrentados pelas empresas na implementação de sistemas de gestão de qualidade?
  • Quais são as melhores práticas de gestão de qualidade para empresas do setor?

O que é gestão de qualidade?

A gestão de qualidade, ao contrário do que muitos pensam, não consiste apenas na inspeção de produtos. Isso porque o conceito está amplamente relacionado a uma filosofia que permeia todas as camadas organizacionais. 

No cerne da gestão de qualidade, há o comprometimento com a busca incessante pela melhoria contínua, que abrange desde a concepção do design até a entrega ao cliente. 

No contexto atual da indústria moveleira, esse fato não implica apenas na manutenção de padrões estéticos, mas na garantia de durabilidade, funcionalidade e sustentabilidade. 

A gestão de qualidade é, desse modo, um catalisador que impulsiona as empresas a transcenderem as expectativas do mercado e a estabelecerem padrões que se destacam em um cenário altamente competitivo.

Implementação de processos: quais são os pilares e como afeta a indústria moveleira?
Izabela Lombardi Nascimento, diretora da Panan Móveis, acredita que o papel central da gestão de qualidade no setor moveleiro é garantir que os produtos sejam entregues conforme as expectativas dos clientes

Objetivos

Para Izabela Lombardi Nascimento, diretora da Panan Móveis, o papel central da gestão de qualidade no setor moveleiro é garantir que os produtos sejam entregues conforme as expectativas dos clientes.

“Isso tudo só é possível através da organização e padronização dos processos produtivos na indústria. O impacto gerado na eficiência operacional é muito positivo”, ressalta.

Diante desse cenário, é válido ressaltar que a gestão de qualidade na indústria moveleira exige uma abordagem ampla, uma vez que compreende a seleção criteriosa de materiais, a implementação de processos eficientes de fabricação e a aplicação de rigorosos controles de qualidade em todas as fases da produção. 

Conceito em transformação

Além disso, o conceito se estende à gestão de relacionamento com fornecedores e à compreensão profunda das expectativas e demandas dos consumidores.

Para Adeilton Pereira, sócio-administrador da Essanto Móveis Planejados e vice-presidente da Abimovel (Associação Brasileira da Indústria de Mobiliário), o conceito de gestão de qualidade foi alterado ao longo do tempo, conforme as necessidades apresentadas pelo mercado.

“A gestão de qualidade evoluiu de um foco quase que exclusivo em certificação de processos e conformidade de produtos para um olhar mais amplo de melhoria contínua que promove a inovação e a disseminação de uma cultura de dados, o que ajuda a orientar o negócio como um todo”, argumenta.

Gestão de qualidade: quais são os pilares e como afeta a indústria moveleira?
Adeilton Pereira, sócio-administrador da Essanto Móveis Planejados e vice-presidente da Abimóvel (Associação Brasileira da Indústria de Mobiliário), aponta que o conceito de gestão de qualidade foi alterado ao longo do tempo

Quais são os pilares da gestão de qualidade no setor moveleiro?

Os pilares da gestão de qualidade variam de acordo com o contexto mercadológico em que estão inseridos. 

Design

Na indústria moveleira, em primeiro lugar, destaca-se a inovação no design, não apenas como expressão estética, mas como um fator intrínseco à funcionalidade e à ergonomia. 

A busca incessante por designs inovadores não apenas atende às expectativas do consumidor moderno, mas também posiciona as empresas no epicentro das tendências e demandas em constante evolução.

Processos de fabricação

Outro pilar fundamental consiste na eficiência nos processos de fabricação. Desde a seleção de matéria-prima até a linha de produção, cada passo deve ser otimizado para garantir não apenas a qualidade do produto final, mas também a maximização da eficiência operacional.

É válido apontar que tecnologias de ponta e práticas sustentáveis desempenham papéis fundamentais nesse contexto, uma vez que promovem a redução de resíduos e a utilização responsável de recursos.

Implementação de processos: quais são os pilares e como afeta a indústria moveleira?
Desde a seleção de matéria-prima até a linha de produção, cada passo do processo de fabricação deve ser otimizado

Integração 

Ademais, a integração de sistemas de controle de qualidade em cada estágio da produção assegura a consistência e a conformidade com os mais elevados padrões, o que contribui com a reputação da empresa no mercado.

Germano Márcio de Moura Gomes, coordenador de qualidade da Gestão e Melhorias, argumenta que a gestão de qualidade não está focada apenas no produto, mas também na estabilização dos processos de modo que se tenha uma visão sistêmica do negócio.

“A partir dessa compreensão e, especialmente, da busca da implementação das premissas exigidas pela gestão de qualidade, é possível que haja entrega de valor para o cliente a partir da melhoria contínua dos processos internos e da avaliação periódica dos indicadores de desempenho alinhados à implantação do ciclo PDCA (Planejamento, Ação, Verificação e Padronização”, explica o especialista.

Gestão de qualidade: quais são os pilares e como afeta a indústria moveleira?
Germano Márcio de Moura Gomes, coordenador de qualidade da Gestão e Melhorias, explica que a gestão de qualidade não está focada apenas no produto

Como a gestão de qualidade impacta a eficiência operacional de empresas moveleiras?

A eficiência operacional é essencial para sustentar a competitividade no universo da indústria moveleira. A gestão de qualidade, quando adequadamente incorporada, opera como um catalisador para otimização de processos, já que minimiza desperdícios e maximiza a produtividade. 

A implementação de sistemas de gestão de qualidade permite às empresas identificar e corrigir ineficiências operacionais em tempo real, já que promovem uma abordagem proativa na resolução de desafios que podem comprometer a qualidade e prazos de entrega.

Produtos confiáveis

A rastreabilidade de materiais e a aplicação rigorosa de padrões de qualidade em todas as fases da produção garantem não apenas a conformidade com especificações, mas também a confiabilidade dos produtos finais. 

Isso não só reduz retrabalhos e custos associados, mas também fortalece a reputação da marca, demonstrando um compromisso tangível com a excelência. 

“Processos bem desenhados e padrões de qualidade bem definidos dentro da linha de produção são fundamentais para que um produto atinja a excelência e conquiste os mercados mais exigentes”, pondera a diretora da Panan Móveis.

Ao alinhar a gestão de qualidade à eficiência operacional, as empresas que atuam no setor moveleiro não apenas garantem a qualidade dos produtos, mas também estabelecem uma base sólida para a inovação contínua e a adaptação ágil às demandas dinâmicas do mercado.

Implementação de processos: quais são os pilares e como afeta a indústria moveleira?
A rastreabilidade de materiais e a aplicação rigorosa de padrões de qualidade em todas as fases da produção garantem a confiabilidade dos produtos finais

Quais são os desafios enfrentados pelas empresas na implementação de sistemas de gestão de qualidade?

Apesar dos benefícios evidentes, a implementação eficaz de sistemas de gestão de qualidade no setor moveleiro não está isenta de desafios. 

Resistência às mudanças

Um dos principais obstáculos, por exemplo, reside na resistência à mudança, uma vez que a transição para novos processos e a adoção de tecnologias inovadoras podem encontrar resistência entre os colaboradores

“O maior desafio, para mim, é a gestão de pessoas. Uma gestão de qualidade eficaz só é possível por meio do engajamento de toda a equipe e, para implementar esses sistemas eficazes, é preciso que toda a equipe esteja bem envolvida e motivada”, explica Nascimento.

A colocação da diretora da Panan Móveis é endossada pelo consultor empresarial Claudio Perin, que, além de pontuar a importância da gestão de pessoas, ressalta a relevância do desenvolvimento de processos bem definidos.

“A implementação precisa de um planejamento e de um budget. Já a questão da manutenção passa por manter baixo o índice de turnover, além de manter a motivação pela qualidade, pois é esperado que a empresa tenha investido no treinamento dos colaboradores envolvidos”, afirma Perin.

Capacitar a equipe e fomentar uma cultura organizacional centrada na qualidade são, portanto, aspectos cruciais para superar essa barreira e assegurar a adesão integral às práticas de gestão de qualidade.

Implementação de processos de qualidade: quais são os pilares e como afeta a indústria moveleira?
Um dos principais obstáculos, por exemplo, reside na resistência à mudança por parte da equipe da empresa

Cadeia complexa

Além disso, a complexidade da cadeia moveleira de suprimentos, muitas vezes globalizada, apresenta desafios específicos. 

“Em um setor pouco verticalizado, as empresas que atuam no setor moveleiro precisam compor uma cadeia de suprimentos alinhada aos mesmos princípios que elas. A padronização de processos promovida pela gestão de qualidade é uma maneira de colocar todas no mesmo ‘idioma’, visto que uma série de normas e de procedimentos seguem regras quase que universais”, pontua Adeilton Pereira.

A garantia da qualidade em cada estágio, desde a obtenção de matérias-primas até a entrega do produto final, requer uma coordenação meticulosa e sistemas de comunicação eficientes. 

Integração de fornecedores

A integração de fornecedores no ecossistema de gestão de qualidade é essencial para enfrentar esses desafios, já que assegura que os altos padrões sejam mantidos em todas as etapas da produção. 

Ao compreender e antecipar esses desafios, as empresas que atuam no setor moveleiro podem criar estratégias adaptativas que não apenas viabilizam a implementação de sistemas de gestão de qualidade, mas também fortalecem a resiliência operacional em um ambiente em constante evolução.

Gestão de qualidade: quais são os pilares e como afeta a indústria moveleira?
A integração de fornecedores no ecossistema de gestão de qualidade é essencial para enfrentar os desafios encontrados na indústria moveleira

Quais são as melhores práticas de gestão de qualidade para empresas do setor?

Em um setor dinâmico quanto o moveleiro, a implementação de melhores práticas de gestão de qualidade é considerado um diferencial estratégico. 

A busca pela excelência começa na seleção criteriosa de matérias-primas, ao priorizar não apenas a estética, mas também a durabilidade e a sustentabilidade

A colaboração estreita com fornecedores, estabelecendo padrões claros e auditáveis, é uma prática crucial para assegurar a qualidade desde o início do processo produtivo.

Implementação de processos de qualidade: quais são os pilares e como afeta a indústria moveleira?
A adoção de tecnologias inovadoras desempenha um papel central na eficácia da gestão de qualidade

Uso da tecnologia

Além disso, a adoção de tecnologias inovadoras desempenha um papel central na eficácia da gestão de qualidade. Sistemas de automação, inteligência artificial e análise de dados oferecem ferramentas poderosas para monitorar e aprimorar continuamente os processos. 

A implementação de controles de qualidade em tempo real, ao utilizar tecnologias como sensores e IoT (Internet das Coisas), proporciona uma visibilidade abrangente, o que permite a rápida identificação e correção de possíveis desvios. 

Essa abordagem proativa não apenas garante a conformidade com padrões, mas também impulsiona a inovação ao identificar áreas de aprimoramento e oportunidades de otimização. Ao abraçar essas melhores práticas, as empresas moveleiras não apenas atendem às expectativas do mercado, mas também podem se destacar como líderes na busca pela qualidade e pela excelência operacional.

“A partir do momento em que os problemas relacionados à qualidade diminuem, começa a sobrar mais tempo intelectual para a empresa se dedicar ao design dos produtos e, inclusive, para acreditar que é capaz de satisfazer mercados cujos requisitos de qualidade sejam mais difíceis de atingir”, finaliza Claudio Perin.

Veja também