Hábitos de compra: Consumidores tradicionalistas x A era da experiência e do e-commerce

Hábitos de compra: Consumidores tradicionalistas x A era da experiência e do e-commerce

Compartilhe nas redes!

Compartilhe nas redes!

Hábitos de Compra - Consumidores Tradicionalistas - Euromonitor International - Plataforma Setor Moveleiro

Hábitos de compra – O mundo vem passando por rápidas e importantes mudanças que impactam diretamente a forma como vendemos e compramos. No Brasil, por exemplo, estima-se que o aumento das compras por meio de sites e aplicativos já chegue a 65%. Um avanço que acreditava-se que levaríamos anos para atingirmos, mas que foi acelerado pelo isolamento social.

Em 12 meses, de fevereiro de 2020 a 2021, o consumo de móveis e utensílios para casa, especificamente, teve um salto de 51,89%. Ficando na quarta posição do ranking das maiores evoluções em vendas no comércio eletrônico, segundo o relatório “E-commerce do Brasil: Conversion”. Ainda assim, há um longo caminho a ser percorrido para que o e-commerce supere as vendas no varejo físico, em especial no setor moveleiro, com os consumidores tradicionalistas representando ainda 16% da população global. Mas quem são eles, quais seus hábitos de compra e como conquistá-los?

Hábitos de Compra - Consumidores Tradicionalistas - Euromonitor International - Plataforma Setor Moveleiro

Hábitos de compra

Segundo a Euromonitor International, os consumidores tradicionalistas são muito determinados em seus caminhos de compra. É improvável que dêem importância à imagem e raramente seguem as últimas tendências. Esse tipo de consumidor pode ser difícil de influenciar, pois não tende a fazer compras por impulso ou experimentar novos produtos. Geralmente limitando-se a comprar apenas itens essenciais.

Eles são, portanto, contidos em seus hábitos de compra; frequentemente focando em preços baixos; dando, então, grande relevância a economizar tempo e dinheiro. Os descontos e ofertas de ocasião, dessa maneira, podem ser fatores decisivos na hora da compra, levando-os a optarem pela alternativa mais barata, já que frequentemente não se importam tanto com a durabilidade dos produtos.

Segundo a Euromonitor International, os consumidores tradicionalistas são muito determinados em seus caminhos de compra. É improvável que dêem importância à imagem e raramente seguem as últimas tendências. Esse tipo de consumidor pode ser difícil de influenciar, pois não tende a fazer compras por impulso ou experimentar novos produtos. Geralmente limitando-se a comprar apenas itens essenciais. Eles são, portanto, contidos em seus hábitos de compra; frequentemente focando em preços baixos; dando, então, grande relevância a economizar tempo e dinheiro. Os descontos e ofertas de ocasião, dessa maneira, podem ser fatores decisivos na hora da compra, levando-os a optarem pela alternativa mais barata, já que frequentemente não se importam tanto com a durabilidade dos produtos.

Tradição e Tecnologia

Diferente dos outros perfis até agora levantados em nossa série “Entendendo os caminhos para as compras”, os tradicionalistas seguros não dão demasiado valor à experiência de compra, especialmente a virtual. Portanto, quanto mais convenientes e eficientes os varejistas e as marcas tornarem o processo de compra, maior será a probabilidade de os consumidores dessa categoria voltarem a fazer negócio / repetirem suas compras.

E embora tenham se sentido mais confortáveis ​​com o uso da tecnologia nos últimos anos, este perfil ainda privilegia os serviços tradicionais, sendo mais propensos a fazer pesquisas e compras nas lojas físicas, em vez de on-line. Ainda assim, com o isolamento social tendo acelerado a necessidade e o uso da tecnologia e da Internet, o momento é de abertura de novas oportunidades para as marcas e varejistas levarem estes consumidores para o universo virtual. Isso, ao explorar novos canais de vendas adaptados às expectativas deste público, que quer agilidade e precisão em vez de experiências complexas.

Outro ponto essencial é a busca por novas modalidades logísticas, que minimizem o valor do frete e o tempo de entrega, com foco especial na modalidade fulfillment (popularizada pela Amazon ao redor do mundo). Além disso, as estratégias figitais, unindo o universo físico ao digital, podem ser movimentos bastante assertivos para atrair os tradicionalistas seguros para seu negócio.

Caminho para as compras: melhores maneiras de conquistar os consumidores tradicionalistas

  • Campanhas de incentivo, atendimento especial e serviços nas lojas físicas que permitam aliviar quaisquer ansiedades ao usar a tecnologia
  • Marque claramente os itens promocionais, preços baixos e descontos – especialmente em compras usuais e essenciais
  • Crie uma experiência de compra conveniente e fácil para minimizar o tempo gasto no processo de escolha e fechamento do negócio

Siga-nos nas redes sociais!

Um Comentário

  1. […] Acesse ao conteúdo anterior da série “Entendendo o caminho para as compras” […]

Deixe Um Comentário

  • Categories: Feiras

    Ocorreu na tarde de ontem, 29 de junho, a 3ª edição do PAINEL SETOR MOVELEIRO. Após duas edições com grande […]

  • Categories: Varejo

    Enquanto os preços dos móveis vêm subindo no varejo, as vendas em volume de peças caíram 6,7% na relação do […]

  • Categories: Feiras
  • Categories: Demanda em Foco

    Tema bastante interessante, trazendo-nos diversos insights para nos ajudar a entender como crescer em um mercado cada vez mais árduo, […]

  • Categories: Marketing

Notícias em Destaque

  • Categories: Indústria, Notícias

    Abaixo do desejado desde dezembro de 2019, o nível dos estoques de produtos finais, que atingiu nível crítico no segundo […]

  • Categories: Indústria

    Na semana passada, nós falamos sobre as oportunidades para os móveis brasileiros nos Estados Unidos – clique para ler. Enquanto […]

  • Categories: Indústria

    A produção industrial no Brasil caiu 0,4% na passagem de agosto para setembro deste ano. Esta é a quarta queda […]

Assine
a nossa
Newsletter

    Opinião