Preloader

Indústria de móveis e colchões: resultados conjunturais 2022 e projeções 2023

Para abrir o ano, Marcelo Prado, diretor do IEMI – Inteligência de Mercado, preparou uma edição inédito do Demanda em Foco Setor Moveleiro com informações e indicadores essenciais para o planejamento das indústrias de móveis e colchões em 2023.

“Durante o ano de 2022, o IEMI monitorou todos os indicadores do período chamado ‘pós-pandemia’, após vivermos um momento de crescimento expressivo do consumo de móveis no Brasil. Realidade bastante diferente da que vivenciamos agora, com a demanda por mobiliário em queda no País, impactando produção e vendas no setor”, pontua Prado. 

Hoje, o colunista apresenta os principais resultados do ano, considerando o desempenho preliminar da indústria moveleira em 2022. Trazendo, ainda, estimativas e projeções para este e o próximo ano, diante dos cenários até agora desenhados para a economia nacional. 

“Trata-se de um cenário preliminar, é verdade. Mas que já nos dá uma direção de como o setor moveleiro caminhará daqui para frente. Especialmente após os altos e baixos desde que a pandemia começou em 2020”, explica.

Produção e emprego na indústria, vendas no varejo e outros números estratégicos. Confira agora no primeiro Demanda em Foco Setor Moveleiro de 2023:

Veja também