Personas: empatia que gera estratégias

Personas: empatia que gera estratégias

11 de agosto de 2021Categories: Opinião

Compartilhe nas redes!

Compartilhe nas redes!

personas-versus-publicos-alvos-ryoji-iwata-unsplash

Na vida pessoal, quando queremos nos aproximar de alguém, vamos buscando descobrir seus gostos e interesses, para atrair e agradar naturalmente. Quanto mais conhecemos o outro e identificamos pontos em comum, mais envolvente tende a se tornar o relacionamento.

No marketing, a sinergia com o cliente também evolui essencialmente a partir da empatia. Afinal, estamos falando, da mesma forma, de relacionamentos com pessoas reais, com desejos e necessidades bem específicas. Por isso, a identificação das Personas é uma ferramenta tão interessante nos negócios.

Público-alvo x Personas

Diferente da definição de Público-alvo, que indica um segmento escalável de consumidores a partir de dados gerais, a Persona é elaborada como um perfil fictício. É um personagem com características únicas, que representa um grupo de clientes com interesses comuns. Tem gênero, idade, imagem, tom de voz e comportamentos próprios. Identificamos seus hábitos, motivações, necessidades, visões de mundo e até mesmo medos e frustrações, o que ajuda a enxergar esse consumidor como uma pessoa real.

Afinal, um bom produto ou serviço é aquele que resolve questões pertinentes ao público. Mais do que isso, é preciso saber falar a linguagem dos clientes para atrair, envolver e comunicar-se adequadamente em cada etapa da compra ou da prestação de serviço.

Algumas empresas escolhem uma pessoa real como sua Persona, tendo ela características do seu nicho ideal de consumidores. Outras, identificam mais de uma Persona fictícia, o que é interessante especialmente em momentos de transformações intensas e complexas como o que estamos vivendo agora, com o surgimento de novos públicos e comportamentos de compra.

No lugar certo, na hora certa e com o posicionamento ideal

De uma forma ou de outra, na definição das Personas, é fundamental basear-se em pesquisas e dados concretos do negócio, contando com profissionais experientes na facilitação do processo. Entrevistas com equipes de venda, de atendimento e também com clientes reais, além da análise de informações digitais e de redes sociais, garantem consistência e trazem insights criativos.

Na branding, assim como em todo o marketing, a visualização das Personas tem muitos benefícios. A partir da análise destes perfis, você poderá descobrir exatamente como falar com o seu cliente, seus canais preferidos, as informações mais relevantes na jornada, bem como suas dúvidas e objeções a serem desconstruídas. Com tudo isso, a empresa poderá desenvolver ações mais objetivas, estando presente no lugar certo, na hora certa e com o posicionamento ideal.

Araci_Queiroz_Branding

 

 

 

 

 

 

 

Siga-nos nas redes sociais!

 

Deixe Um Comentário

  • Categories: Feiras

    Com organização do Sindicato da Indústria do Mobiliário de Mirassol, o SIMM, a edição 2022 da Movinter começa amanhã, 28 […]

  • Categories: Marketing

    Colchões Castor – Chegar aos 60 anos em boa forma não é uma missão simples. Exige jogo de cintura, muita […]

  • Categories: Feiras
  • Categories: Indústria

    Indústria moveleira – Acompanhando as oscilações no mercado moveleiro nacional, impactado, entre outros motivos, pela instabilidade econômica e a retomada […]

Notícias em Destaque

  • Categories: Indústria, Notícias

    Abaixo do desejado desde dezembro de 2019, o nível dos estoques de produtos finais, que atingiu nível crítico no segundo […]

  • Categories: Indústria

    Na semana passada, nós falamos sobre as oportunidades para os móveis brasileiros nos Estados Unidos – clique para ler. Enquanto […]

  • Categories: Indústria

    A produção industrial no Brasil caiu 0,4% na passagem de agosto para setembro deste ano. Esta é a quarta queda […]

Assine
a nossa
Newsletter

    Opinião