REHAU amplia atuação na América do Sul: região vem ganhando destaque no mercado moveleiro global

REHAU amplia atuação na América do Sul: região vem ganhando destaque no mercado moveleiro global

Compartilhe nas redes!

Compartilhe nas redes!

REHAU-américa-do-sul-mercado-moveleiro

A América do Sul foi uma das regiões que mais ganharam destaque no setor moveleiro durante os últimos anos, demonstrando uma recuperação ainda mais rápida e proeminente, tanto no mercado interno quanto nas exportações, do que em alguns outros cantos do planeta. Cenário em que o Brasil se colocou, mais uma vez, tanto como uma referência de design e na fabricação de móveis prontos como no fornecimento de matérias-primas e insumos produtivos.

Acompanhando esse movimento, a REHAU vem passando por diversas transformações em sua unidade brasileira, em especial na divisão moveleira, um dos principais focos dos atuais investimentos e esforços do grupo, que fornece produtos e serviços para diferentes segmentos ao redor do mundo, incluindo o fornecimento de soluções em superfícies, fitas de bordas e ferramentas para a pequena e a grande indústria de móveis.

Com uma orientação global muito marcante nas suas diretrizes estratégicas, ao ampliar a fábrica do Brasil, o grupo passa, consequentemente, a melhor atender a todo o mercado sul e latino americano, aumentando a gama e o nível de serviço a todos os clientes e parceiros.

Mas as novidades e os investimentos não ficam só por aí.

REHAU na América do Sul

“A América do Sul tem uma importante representatividade e importância para a REHAU Brasil e Global. Trabalhamos muito em conjunto com todos nossos vizinhos, seja no intercâmbio de produtos, seja pela troca de experiências e na união de sinergias”, fala Camila Bartalena, que passa a atuar como gerente de marketing e produto da América do Sul.

A mudança de Camila, aliás, que ocupava o cargo de gerente de marketing da REHAU Brasil, faz parte do reposicionamento estratégico da marca no mercado sul-americano, aumentando não só sua presença, mas, sobretudo, sua atuação, eficiência e agilidade de atendimento.

Mix de produtos no mercado moveleiro sul-americano

“O Brasil tem feito um trabalho notável para a consolidação da liderança no mercado moveleiro, assim como todas as unidades REHAU nos países da América Latina. Com este reposicionamento, portanto, pretendemos expandir mutuamente os sucessos, além, claro, de compartilharmos as melhores práticas entre os países, unificar ações, esforços e nos tornarmos mais fortes em todo o continente”, pontua a nova gerente de marketing e produto da região.

Hoje, além do Brasil, a REHAU está presente na Argentina, Chile, Peru e Colômbia. Além disso, a empresa mapeia e define estratégias também para os mercados do Paraguai, Bolívia e Uruguai. Por meio desses escritórios, então, atende outros diversos países vizinhos, como Equador, Venezuela, Suriname, Guiana e Guiana Francesa.

“Me tornei a responsável por Marketing e Produto de todos estes países em conjunto com uma equipe maravilhosa, que já vem fazendo um trabalho incrível. Somando nossas energias conseguiremos crescer ainda mais em todos os países, incluindo o Brasil também”, reforça Camila. “Cada país tem uma particularidade, seja política, econômica e também no mercado moveleiro. O mais importante nesta equação, contudo, é entendermos o mercado para podermos definir quais estratégias iremos adotar.”

Como são muitos países, as características de cada mercado, claro, varia muito. No entanto, tratam-se de lugares que possuem distribuidores, indústrias de móveis (muito RTA, ready to assembly), home centers (possuem mais produtos para segmento moveleiro, do que os do Brasil) e marcenarias. Mas cada qual com sua peculiaridade e necessidades.

Camila completa: “O que podemos compartilhar é que existe muito potencial de crescimento nestes países. Eles atuam com uma diversidade de mix de produto incrível, vendendo, além de fitas de borda, superfícies poliméricas RAUVISIO, ferragens de alta qualidade, acessórios e componentes para móveis que não são utilizados muito no Brasil etc. Demonstrando oportunidades para diferentes linhas, perfis e direcionamentos de negócios na região. Com isso, estamos projetando crescimento em todos estes países, aumentando não só o mix de produtos, mas também investindo em Trade Marketing e na ampliação da gama de serviços”.

Casa REHAU na Argentina

Além dos investimentos na unidade brasileira, aliás, a REHAU fez um investimento de cerca de US$ 16 milhões em uma nova fábrica de perfis para portas e janelas de PVC na cidade argentina de Pilar, próxima a Buenos Aires. A nova fábrica vai gerar 150 novos postos de trabalho e estará operacional ainda este ano.

Por falar na Argentina, o grupo também inaugurou um novo showroom no país, chamado “Casa REHAU”. O espaço combina os produtos de todas as unidades de negócio da REHAU com um pilar de cross selling, ou seja, venda cruzada, que vem sendo um sucesso de visitação e treinamentos.

“Nosso projeto de expansão é um plano até 2025. Com isso, a previsão em todos os países é de crescimento em vendas, aumento de mix de produtos, agilidade em colour matching de fitas de borda e muitas novas parcerias”, finaliza Camila Bartalena.

 

Deixe Um Comentário

  • Categories: Feiras

    Ocorreu na tarde de ontem, 29 de junho, a 3ª edição do PAINEL SETOR MOVELEIRO. Após duas edições com grande […]

  • Categories: Varejo

    Enquanto os preços dos móveis vêm subindo no varejo, as vendas em volume de peças caíram 6,7% na relação do […]

  • Categories: Feiras
  • Categories: Demanda em Foco

    Tema bastante interessante, trazendo-nos diversos insights para nos ajudar a entender como crescer em um mercado cada vez mais árduo, […]

  • Categories: Marketing

Notícias em Destaque

  • Categories: Indústria, Notícias

    Abaixo do desejado desde dezembro de 2019, o nível dos estoques de produtos finais, que atingiu nível crítico no segundo […]

  • Categories: Indústria

    Na semana passada, nós falamos sobre as oportunidades para os móveis brasileiros nos Estados Unidos – clique para ler. Enquanto […]

  • Categories: Indústria

    A produção industrial no Brasil caiu 0,4% na passagem de agosto para setembro deste ano. Esta é a quarta queda […]

Assine
a nossa
Newsletter

    Opinião