Preloader

Sobre tendências: nova coleção da Eucatex explica como elas surgem inspirando-se em nossas raízes

Cada detalhe conta pontos no desenvolvimento de um móvel: material, cor, padrão, textura, formato, ergonomia, segurança, componentes… A lista é extensa, e nada fica fora do radar das indústrias do setor. Com as feiras, então, sendo as plataformas ideais para a propagação das tendências do momento.

Este é o caso da Interzum, que ocorreu mais uma vez em Colônia, na Alemanha, entre os dias 09 e 12 de maio de 2023, reunindo uma das mais seletas amostras de empresas, produtos, soluções e — por que não — questionamentos propostos para o momento.

Diretrizes para fabricantes de móveis, designers e arquitetos

E, claro, tudo isso vai muito além do meramente visual. Há perguntas frequentes diante da necessidade de um mundo mais sustentável. Quais as possibilidades que hoje surgem para a transformação do viver, do habitar? Como o design se insere na economia circular? Quais os materiais disponíveis para uma transformação sustentável na construção ou na mobilidade verde para o futuro?

Essas são perguntas que povoam o diálogo e a imaginação dos empresários e dos criativos do setor. Com a indústria moveleira, portanto, sendo um terreno fértil na busca incessante por alternativas inovadoras.

Nesse sentido, a indústria de móveis vem se apoiando em fornecedores que estejam em sincronia com os avanços tecnológicos para o desenvolvimento de superfícies especiais capazes de reproduzir os mais variados tipos de matérias-primas, como madeiras nativas, texturas e elementos naturais como de rochas e minerais, além de couros e tramas, bem como uma variedade de cores e padrões orgânicos com menor impacto ambiental e cada vez mais acessibilidade.

E muito já se evoluiu.

Interzum 2023
Tendência de sustentabilidade presente na Interzum 2023. Fotos: Divulgação

Drivers de inovação em design

Seja um design de acessórios minimalistas. Seja em frentes de móveis contemporâneos, tecnologias operacionais inteligentes ou ainda alternativas de couro vegano. O design que evidencia cores, formas, texturas e funções, vem agora numa equação que tem como denominador comum a preocupação com o impacto sobre o planeta.

De certa forma, a excelência dos materiais vem seguida por atributos que os tornam amigáveis à natureza. No aspecto, lembram a madeira nobre, com seus contornos em forma de catedrais. Remetem também às pedras, com desenhos de superfície construídos de forma orgânica há milhares de anos.

A indústria contemporânea esmera-se em trazer todos estes elementos no mix de produtos. Seguindo a tendência biofílica, então, a paleta de cores inspira-se na natureza e para ficar ainda mais evidente a origem da inspiração, superfícies foscas mostram o caminho do novo conceito de elegância para móveis e complementos, deixando o brilho para outras interpretações e aplicações.

Tendências! Mas que tendências?

Ok, falamos muito sobre tendências. Mas, afinal, como surge uma tendência? Bem, para isso, é preciso observar o comportamento humano, com o surgimento de novas necessidades, interesses e oportunidades.

Nesse sentido, a pesquisadora Patrícia Sant’Anna tem trabalhado próxima dos criadores e produtores de móveis. Fundadora e CVO (Chief Visionary Officer) da Tendere Pesquisa e Soluções Criativas, ela tem desenvolvido ampla pesquisa com base em comportamento de mercado para a Eucatex.

A propósito, este é o ponto de partida da Coleção Origens, que a Eucatex acaba de lançar. O conceito da linha tem como raízes os elementos da natureza.

Coleção Origens, da Eucatex
Cores neutras e acabamento fosco nos lançamentos da Eucatex. Foto: Divulgação

Andrea Krause, consultora de marketing da Eucatex, assinala que a Coleção Origens tem algo que a torna singular: “A neutralidade das cores, associada ao acabamento matte [fosco] das superfícies está em evidência no mercado global e é uma realidade no Brasil”.

Inspirada nas riquezas naturais brasileiras, a coleção contextualiza o toque natural, o apelo sustentável, a inovação e um estilo de vida mais voltado às conexões. Pontos representados, aliás, em três diferentes grupos de consumidores: os super tecnológicos, os super conscientes e os tradicionalistas.

Coleção Origens, da Eucatex
Contemporaneidade da Coleção Origens presente na cozinha. Foto: Divulgação

Grupos díspares e ao mesmo tempo conectados, que conseguem unir a modernidade de móveis clean, sem puxadores e gavetas aparentes, com o toque aveludado, de aspecto fosco, de superfícies que também se posicionam muito bem como releituras atualizadas da laca acetinada, tão presente na decoração provençal e que chega também — e de forma muito orgânica e sofisticada — ao design contemporâneo.

Essas são as principais características do acabamento Matt Soft, da Coleção Origens, que apresenta efeito mate – acabamento fosco, que não reflete diretamente a luz que o ambiente recebe e minimiza o aparecimento de marcas de dedos, além de superfície com toque macio e suave.

“Com isso, conseguimos traduzir acolhimento e conforto visual e também maior amplitude aos espaços, sem perder de vista a funcionalidade, que vai ser determinante na escolha do consumidor”, reforça Andrea.

Ficou curioso para saber mais sobre os novos perfis de consumo que deverão se consolidar já em 2024 e quais as propostas da Eucatex para atender a esses novos consumidores?

A Plataforma Setor Moveleiro prepara uma microssérie exclusiva sobre o tema nas próximas semanas. Continue nos acompanhando para não perder nada!

Veja também