Expo 2020 Dubai e as possibilidades de negócios para a indústria de móveis brasileira

Expo 2020 Dubai e as possibilidades de negócios para a indústria de móveis brasileira

Compartilhe nas redes!

Compartilhe nas redes!

foto-site-expo-2020-dubai

Uma NOVA oportunidade surge no mundo para os que têm projetos inovadores e que buscam oportunidades de conexão com os EMIRADOS ÁRABES UNIDOS.

A EXPO 2020 DUBAI, que ocorreria ano passado, em 2020, foi adiada em razão da pandemia. Passando a ocorrer, então, de 1º de outubro de 2021 a março de 2022. É a primeira vez que uma Expo mundial ocorre no Oriente Médio. E o que isso tem a ver com o Brasil?

A participação brasileira está sendo fomentada pelo Governo Brasileiro em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, a Apex-Brasil. Vários outros órgãos nacionais brasileiros estão envolvidos no intercâmbio de negócios e o hub de tecnologia e inovação deste evento. Somos, digamos, um “queridinho” da exposição.

Para isso, os expositores nacionais vêm apostando forte no quesito “brasilidade”. Compartilhando, por exemplo, cheiros, sabores e experimentações de toda nossa floresta amazônica, que foi idealizado por vários escritórios de arquitetura que se basearam no Rio Negro, principal afluente do Rio Amazonas.

Brasil na Expo 2020 Dubai

O evento conta com 192 países expondo seus potenciais negócios de impacto, incluindo o nosso Brasil. Estaremos localizados no Pavilhão SUSTENTABILIDADE. E, claro, essa posição não se dá à toa.

Todas as nossas riquezas naturais, investimento de cerca de 80% em energias renováveis e toda a visão da Amazônia envolvendo o Brasil e o mundo são os motivos da escolha pela localização neste Pavilhão.

Os temas centrais da EXPO 2020 DUBAI, uma feira internacional que ocorre desde 1851 no mundo, são, justamente: SUSTENTABILIDADE, OPORTUNIDADE E MOBILIDADE.

Oportunidades para a indústria de móveis brasileira nos Emirados Árabes

Entre as ações brasileiras por lá, a ABIMÓVEL está empreitando missões para a Expo 2020, a princípio a partir de fevereiro de 2022.

Oportunamente, os empresários do SETOR MOVELEIRO podem se conectar com este evento mundial, mesmo antes desse período, pois estão sendo ofertados pacotes de missões empresariais por várias empresas de turismo de negócios.

Expo 2020 Dubai

A EXPO 2020 DUBAI conta com uma estrutura física de 4,38 km². Com estimativa de 25 milhões de visitantes, sendo 17,5 milhões deles estrangeiros.

A Plataforma Setor Moveleiro e o INTERSIND UBÁ — sindicato que fomenta o Polo Moveleiro da região da Zona da Mata mineira, hoje com 22 municípios —, estarão presentes neste momento histórico, sendo representados por mim, CAROLINE BALBINO.

A participação do Grupo Legalizar, bem como do Polo Moveleiro de Ubá na Expo 2020 Dubai poderá abrir portas para negociações internacionais de peso. Importações e exportações são, claro, o tema central dos negócios gerados neste intercâmbio empresarial.

A proposta da EXPO 2020 DUBAI é conectar brasileiros, investidores, não excluídos destes, aqueles ligados aos setores moveleiro, alimentício, de construção civil e especialmente startups, ao maior evento de negócios do planeta.

Relações Brasil – Emirados Árabes

pavilhão-brasil-expo-2020-dubai-david-

Vale ressaltar que as relações entre o Governo dos Emirados Árabes Unidos e o brasileiro vão muito bem Segundo Fernando Luis Lemos Igreja, nosso porta-voz e Embaixador brasileiro nos Emirados, o Golfo está estrategicamente numa situação que permite o escoamento de produtos do Ocidente (Brasil) e Emirados, pelo principal porto de Jebel Ali.

O porto de Jebel Ali, também conhecido como Mina Jebel Ali, é um porto profundo, considerado o nono porto mais movimentado do mundo, o maior porto artificial e o maior e, de longe, o mais movimentado do Oriente Médio. Mantendo, assim, várias zonas francas para atração de empresas do mundo todo que queiram se instalar e investir em tecnologia, inovação e outros segmentos de serviços e produtos manufaturados, especialmente commodities.

O Brasil tem grande potencial de se projetar nesta imensidão de oportunidades que especialmente DUBAI oferece aos empresários brasileiros do ramo dos móveis.

Intersind e Plataforma Setor Moveleiro na Expo 2020 Dubai

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Setor Moveleiro (@setormoveleiro)

Apesar de grande produtor, o Brasil ainda tem baixa representatividade nas exportações de móveis. O consumo doméstico cumpre o papel de absorver grande ou toda a nossa capacidade produtiva. Observa-se que exportar sempre ficou em segundo plano aos brasileiros que só pensavam nesta oportunidade quando em baixa o mercado nacional. Tal perspectiva não está avançando nesta mesma toada, que vem mudando ao passar do tempo.

O incentivo para que o Brasil se aproxime dos Emirados Árabes Unidos é latente e não só é um querer diplomático brasileiro, mas também do próprio ecossistema do Oriente Médio.

Faça parte dessa jornada e contate o SETOR MOVELEIRO para mais informações. Eu sou Caroline Balbino, colunista, advogada e consultora empresarial em Dubai-EAU, especialmente trazendo todas as novidades da Expo 2020 Dubai para nossos Polos moveleiros brasileiros.

assinatura-caroline-balbino

 

 

 

 

 

 

Siga-nos nas redes sociais!

Deixe Um Comentário

Notícias em Destaque

Assine
a nossa
Newsletter