Aquele ‘empurrãozinho’! Ação visa estimular relação entre varejo e indústria

Aquele ‘empurrãozinho’! Ação visa estimular relação entre varejo e indústria

25 de janeiro de 2021Categories: VarejoTags: ,

Compartilhe nas redes!

Compartilhe nas redes!

Vivemos um dos períodos de maior competitividade na história da indústria moveleira . Com todos trabalhando intensamente na busca por atender com pontualidade à demanda aquecida por móveis no País. E, claro, todo incentivo é muito bem-vindo neste momento! Dessa forma, encontrar maneiras de valorizar ao esforço desempenhado para manter o ritmo e a qualidade de produção na indústria e entrega no varejo a todo vapor, pode ser uma ótima maneira de estreitar e estimular ainda mais a relação com nossos parceiros — sejam eles colaboradores ou fornecedores.

Um exemplo de ação que vem chamando a atenção não só pelos seus resultados, mas, sobretudo, pela proposta em colocar a satisfação do consumidor final no coração de todo o planejamento é o “Lobby Fornecedores”: projeto realizado pela MadeiraMadeira com fabricantes parceiros em diferentes polos moveleiros do País. Com o slogan “excelência pelo bem”, o projeto — que já passou por Ubá (MG), está sendo desenvolvido em Arapongas (PR) e depois segue para Bento Gonçalves (RS) —, é dividido em três etapas. São elas: Intrafabril (dentro da fábrica); Interfabril (para além da fábrica); Todos pela Comunidade (comunitário).

Para colocá-lo em prática, a varejista convida seus parceiros a selarem um Acordo de Nível de Serviço (SLA). O acordo estipula um score mínimo entre o total de pedidos atendidos no prazo e o total de pedidos em geral. Acrescentando a esse processo, metas que não só beneficiem a ambas as partes, mas também aos colaboradores da fábrica, à comunidade em que ela está inserida e ao cliente que espera por móveis de qualidade e de maneira ágil em suas casas.

 

As etapas do projeto

Tendo como um dos motes do projeto o quesito social, um dos principais objetivos é promover o engajamento da indústria para atingir as metas estipuladas em relação a prazo, qualidade e assertividade na entrega dos pedidos da Madeira Madeira, devolvendo o esforço conjunto em prol de causas sociais da região em que as fábricas estão instaladas. Além, claro, de reconhecer e valorizar aqueles que fazem tudo isso acontecer: os colaboradores! Para isso, a equipe MadeiraMadeira preparou um planejamento de brindes e atividades bastante recreativas. Todas com foco no bem-estar das pessoas envolvidas no processo.

Enquanto os eventos externos previstos na ação ainda não podem ser realizados devido aos cuidados no combate à pandemia, a varejista continua trabalhando na distribuição dos prêmios. Outro ponto importante é a parceria com instituições de ensino e especialistas em diversas áreas para a disponibilização de bolsas de estudos e acesso a palestras para funcionários e dependentes.

Leia também:Case MadeiraMadeira: O varejo de móveis está preparado para o e-commerce?

Demanda aquecida e a priorização de contratos entre varejo e indústria

A empresa melhor colocada no polo, leva não só os prêmios, mas também o reconhecimento como empresa líder em produção e atendimento integrado ao cliente. Tornando-se referência para novas parcerias e ações do grupo MadeiraMadeira.

O ponto-chave, então, é trabalhar o presente com olho no futuro: mantendo o padrão de qualidade das fábricas ao buscar formas de estabilizar gargalos no fluxo da cadeia moveleira num momento em que experimentamos demanda superaquecida versus a escassez de matéria-prima e a consequente priorização de contratos; bem como tornar os processos futuros mais profissionalizados, com mão de obra qualificada e, claro, que “vista a camisa”!

Com essas metas alcançadas fica muito mais simples se trabalhar a competitividade e as estratégias comerciais no mercado. O que pode ser especialmente importante com a popularização do varejo on-line. Encorajando, por meio da excelência no atendimento (prazo, qualidade e assertividade), mais pessoas a comprarem móveis pela Internet.

case em questão vem da parceria entre o varejo e a indústria. No entanto, o modelo pode ser replicado também em outras etapas da cadeia. E você, moveleiro, tem abraçado ações como esta? O que acha da proposta? Compartilhe conosco!

Deixe Um Comentário

  • Categories: Marketing

    Colchões Castor – Chegar aos 60 anos em boa forma não é uma missão simples. Exige jogo de cintura, muita […]

  • Categories: Indústria

    Indústria moveleira – Acompanhando as oscilações no mercado moveleiro nacional, impactado, entre outros motivos, pela instabilidade econômica e a retomada […]

  • Categories: Feiras

    Fornecedor na cadeia moveleira – Enquanto muitos consumidores direcionaram seus recursos para realizar melhorias em suas casas durante os últimos […]

  • Categories: Varejo

Notícias em Destaque

  • Categories: Indústria, Notícias

    Abaixo do desejado desde dezembro de 2019, o nível dos estoques de produtos finais, que atingiu nível crítico no segundo […]

  • Categories: Indústria

    Na semana passada, nós falamos sobre as oportunidades para os móveis brasileiros nos Estados Unidos – clique para ler. Enquanto […]

  • Categories: Indústria

    A produção industrial no Brasil caiu 0,4% na passagem de agosto para setembro deste ano. Esta é a quarta queda […]

Assine
a nossa
Newsletter

    Opinião